domingo, 17 de janeiro de 2010

Arnaldo Jabour diz na TV que a raça humana vai acabar

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Projeto 1935 disponibiliza músicas racionais inéditas na internet

O Projeto 1935 é formado por compositores, instrumentistas e cantores, estudantes da Cultura Racional, dos Livros UNIVERSO EM DESENCANTO. Seu objetivo é levar ao conhecimento de todos, através da música, a existência da Cultura Racional, conhecimento transcendental que explica a ocorrência da mudança energética de fase na natureza, onde a fase de animal Racional presente no mundo antes de 1935 dá passagem à fase de Aparelho Racional, a partir de então. Esta cultura não é seita, religião ou doutrina e vem desvendar as principais questões da humanidade.
O Projeto 1935 conta com os colaboradores Ives Pierini – Baixo/ Vocais/ Sintetizadores/ Composições, Geninho Borba – Guitarras /vocais/Composições, Denise Muller – Vocais, Christian Pierini – Bateria /Vocais/ Guitarras/Composições, Celso Itaborai – Vocais/Composições e Sergio Rosa – Guitarras/Composições. Graças à iniciativa do projeto, foram disponibilizadas 12 músicas para download grátis na internet, no site
http://www.reverbnation.com/projeto1935.
As músicas têm os seguintes títulos: Tá na Hora, Tudo Natural, Transmutação, Dança das luzes, Eis que chega a Razão, Racional Soul, Ser Astral, Procure o Saber, A Nova Cor do Amor, Levando a Vida, Contato (versão) e Equilíbrio 1935 (in
strumental). Os estilos musicais são modernos e vagueiam entre o Classic Rock, Hard Rock, Soul Music, Reggae, Hip Hop e outros, bem ao gosto da rapaziada. Os instrumentos vão desde a guitarra pesada, os riffs e solos alucinantes de guitarra, que nos levam ao cosmos, culminando com o som transcendental da cítara indiana, na voz aveludada e marcante de Denise Muller. De quebra, há uma versão dançante da música “Contato com o Mundo Racional”, obra-prima do Tim Maia Racional. As letras são racionais, mas sem, contudo, serem doutrinárias, como na obra racional de Tim Maia.
O Projeto 1935, surgido no underground do Rio de Janeiro, como a própria Cultura Racional, veio preencher uma lacuna aberta desde que os dois discos históricos do Tim Maia Racional, lançados na década de 70 e rejeitados no Brasil, foram retirados de circulação pelo próprio Tim e se tornaram Cult na Inglaterra e outros países do mundo. Desde então disputados e vendidos a preços exorbitantes nos sebos de todo o Brasil, um dos discos, ainda em vinil, foi lançado em CD pela gravadora Trama, chegando a vender mais de um milhão de exemplares. Já os jovens que se lançaram neste novo projeto, capitaneado pelo carioca Ives Pierini, fizeram tudo com muito amor, dedicação, talento e competência, nada ficando a dever ao trabalho do grande e talentoso Tim Maia.
Do Classic Rock aos temas racionais – Nascido em 1973, em uma família profundamente ligada à arte e ao movimento cultural, Ives Pierini (foto) estudou música aos 13 anos e passou a viver direta ou indiretamente de música desde então, como contra-baixista, mas também tocando flauta transversa. Fez teatro durante oito anos e desde 2004 realizou alguns trabalhos em cinema como diretor e roteirista de filmes curta-metragem, como também em trilhas sonoras de filmes de animação. Atualmente, Ives está produzindo e tocando com a banda de Classic Rock “BLACK DOG”, especialista em interpretações das obras do Deep Purple e Led Zeppelin.
Em 2000 o artista lançou um disco na Europa, em uma produção conjunta dos selos Rock Symphony (Brasil) e o selo francês Musea com a banda Cactus Peyotes. O disco foi muito bem falado na crítica internacional. Agora, trabalhando como produtor cultural no projeto lonas culturais no Rio de Janeiro, Ives conheceu a Cultura Racional, dos livros Universo em Desencanto e direcionou parte de seu trabalho ao Projeto 1935, que não tem como objetivo a venda de músicas ou livros, mas sim a divulgação espontânea do conhecimento racional.