terça-feira, 26 de maio de 2009

Como foram feitos os livros "Universo em Desencanto”


Colaboração: Claudio Sampaio Lima 

A guisa de esclarecimento, a Cultura Racional iniciou-se em 4 de outubro de 1935, com o Racional Superior, se identificando como Francisco de Assis ditando os quatro livros da escrituração, intitulados “Obras Primas de Francisco de Assis – O Universo em
desencanto”. A seguir, informamos sobre a estrutura da Obra “UNIVERSO EM DESENCANTO, de autoria do Racional Superior: 

  • 3 livros amarelões (Manoel Jacintho Coelho – Racional Superior);
  • 21 livros da obra básica “Universo em Desencanto”;
  • 21 fascículos da Réplica (A Prova) “Universo em Desencanto”;
  • 21 fascículos da Tréplica (A Comprovação) “Universo em Desencanto”;
  • 943 fascículos do Histórico (A complementação da escrituração supletiva a
    complementação da Cultura Racional). 
  • Então, 4 + 3+ 21 + 21 + 21 + 943 = 1013 livros “Universo em Desencanto”, todos de autoria do Racional Superior, M. J. C., que ditou para que toda a humanidade...

“A base racional, não é encontrada em lugar nenhum, a não ser nesta obra. Se a base racional pudesse ser encontrada em qualquer lugar, já teriam visto “Universos em Desencanto”, mas nunca viram, a não ser agora. Portanto, é aqui que está o Racional Superior” – 1º volume pág, 156.
            Como foram feitos os livros “Universo em Desencanto”, que compõem a maior cultura do mundo a Cultura Racional do 3º Milênio, a fonte da luz da verdade, do amor, da paz e da fraternidade. Cultura Racional é a cultura da paz, feita para o desenvolvimento do raciocínio, que é o encontro com a vida eterna, por ser a força da vida verdadeira. A primeira mensagem do Racional Superior, em 4 de outubro de 1935, foi perguntando “Quem és tu, que a ilusão é tanta, incapaz de definir o teu ‘Eu’. Sabeis vós que sois uns corpos imprudentes, no abismo de dia para dia, ambicionando tudo quanto é de matéria, por grande obscuridade do espírito”. E assim foi dada a mensagem, que é muito grande e reveladora; esse é apenas o inicio da mensagem.

O conhecimento contido na obra “Universo em Desencanto”, que é a fonte da luz verdadeira, é inédito até na forma como foi feito e elaborado pelo supremo raciocínio do universo, o Racional Superior, que ditou para pessoas escreverem os que acompanhavam o mestre Manoel Jacintho Coelho, o porta-voz do Mundo Racional na Terra, o único, sem segundo e nem terceiros, e foi gravado por um gravador de rolo. As mensagens não era psicografadas e sim ditadas conscientemente por M. J. C., por ele já ter nascido com o seu raciocínio desenvolvido e ligado ao Mundo Racional, aguardando o tempo e a hora determinada pela natureza divina, que foi em 4 de outubro de 1935, para entregar a humanidade o maior tesouro do ser humano: o se conhecer e conhecer a natureza divina, saber de onde todos vieram, como vieram e para onde todos iriam e como iriam. Foi revelada também a verdadeira origem de tudo e de todos, com base e lógica, provada e comprovadamente, na maior obra universal, a cultura da nova fase da natureza, o 3ºmilênio, a Cultura Racional, dos livros “Universo em Desencanto”, composta de 1013 livros.

Quando estava sendo feita a primeira parte da obra, por volta de 1935, com o título “As obras primas de Francisco de Assis – O Universo em Desencanto”, foram ditados simultaneamente pelo divino mestre M. J. C., o Racional Superior na Terra, três livros, para três pessoas diferentes, sendo que cada uma escrevia um livro. Uma escrevia o primeiro volume, outra escrevia o segundo, outra o terceiro volume, e assim foi mantido pelo Mestre Manoel até a conclusão da obra. Sendo a maior obra literária do planeta, de autoria de um só autor, Manoel Jacintho Coelho, feita no local onde foi edificada uma cidade, por ele arquitetada, chamada Retiro Racional. Neste local, no ano de 1979, MJC chegou a ditar até sete livros por semana. Quando ele estava ditando a Réeplica, chegou a ditar ininterruptamente por sete horas e trinta e cinco minutos seguidos. A obra básica era ditada e gravada num gravador de rolo e depois, as pessoas que moravam no palácio cultural onde ele residia, passavam para o papel para depois ser impresso.

Assim foi feita a maior obra literária de redenção universal ditada pelo supremo raciocínio do universo, personificado na pessoa de MJC, semana após semana, ano após anos, para que todos conhecessem a si mesmo e sua origem verdadeira e passassem a viver em harmonia e equilibrados na vida material. Viveu este grande homem, benfeitor da humanidade, ligado a natureza divina, o Mundo Racional, materializando em forma de livros, a energia pura, limpa e perfeita, para a reconstrução da humanidade pelo desenvolvimento do raciocínio, a verdadeira consciência positiva do ser humano para a paz e concórdia universal, transformando este mundo num paraíso racional. Porque o raciocínio é o reencontro com Deus verdadeiro, um raciocínio superior a todos os raciocínios do universo racional superior.

Por o raciocínio ser um habitante do mundo racional materializado aqui na Terra, em forma de máquina do raciocínio. Porque  Deus, esta suprema energia pura, limpa e perfeita do amor, é um ser superior do nosso mundo de origem, o Mundo Racional. E ele personificou-se como Racional Superior, MJC em nosso mundo, para nos ensinar e nos libertar desta caverna encantada, aonde todos iam para dentro de uma cova, virar uma caveira sem saber porquê. E agora, vindo a verdadeira ressurreição do animal racional, para a vida eterna no seu mundo natural de origem, o Mundo Racional, pelo desenvolvimento do raciocínio, feito pela Energia Racional, que esta codificada e materializada em cultura nos livros Universo em Desencanto.

Pois, se estamos na classe de animal racional e temos a semelhança e imagem com Deus, então significa que Deus é racional, um ser superior da nossa origem que é racional – o Racional Superior, um raciocínio superior a todos os raciocínios do universo. Esta é a verdadeira identidade de Deus e não nome, pois nome é do mundo dos animais. Deus é a origem de tudo e de todos, é o superior do primeiro mundo, o Mundo Racional, a raiz mestra da fecundação, formação, geração e criação do universo e todos os seus feitos visíveis e invisíveis. O primeiro mundo é o mundo do verdadeiro Deus, o Racional Superior; o segundo mundo é do deus-homem e por isso, os homens contam é com os homens.

O primeiro mundo, o Mundo Racional é o pai eterno e o segundo mundo é dos filhos de Deus. Eis que os filhos de Deus têm seu nome na testa que é o raciocínio que está na cabeça, na área central do cérebro. Então, os verdadeiros filhos de Deus vão saber e se conhecer nessa escrituração de imunização racional, que é a redenção feita pela centelha divina que todos os filhos possuem, que é o raciocínio e que agora chegou a fase do seu desenvolvimento, feito pela Cultura Racional, para a racionalização dos povos e a redenção universal.

Pois o maior tesouro do ser humano está em se conhecer na cultura do verdadeiro Deus, o Racional Superior, a Cultura Racional. A cultura artificial desse segundo mundo é a cultura do pensamento e da imaginação, é a cultura do artifício para a lapidação do animal de origem racional. E é por isso que todo pensador é um sofredor e mortal, por viver desconhecido de si mesmo e desse segundo mundo de transformações. O pensamento é a discórdia e a desunião de todos. E é do verdadeiro Deus, o supremo raciocínio, que todos precisam para saber com deixar de assim ser pensador,sofredor e mortal. Todos necessitam de raciocinar para se conhecer, saber como deixar de assim ser, pois raciocinando deixa de ser pensador, sofredor e mortal voltando ao seu mundo natural, o primeiro mundo, o Mundo Racional.

A continuação desta informação encontra-se nos livros Universo em Desencanto, que pode ser encontrado através da Caixa Postal: 78.019, Belford Roxo – RJ – CEP: 26.112-970, Tel: (21) 3759.9000. Site oficial: www.universoemdesencanto.com.br, ou na Rua da Carioca, 61, Centro, Rio de Janeiro – RJ – Tel: (21) 2240-4061, E-mail: pedido_de_livros@universoemdesencanto.com.br.

sábado, 23 de maio de 2009

APROVEITE ESSA: 50 milhões de e-mails de todo o Brasil, mais programas de gerenciamento de e-mails


Receba já em sua casa ou escritório e mande milhões de e-mails para quem desejar. Temos opções para baixar todo material pela internet ou enviamos diretamente para seu endereço, via carta registrada, após confirmação do pagamento.

Formas de Pagamento:

Depósito Bancário na Caixa Econômica Federal

Agência 2060 Conta Poupança 02486898-6 operação 013

Nome: Julio Cesar de Carvalho

Via downloads

Valor R$ 25,00

Grátis Scripts auto surf e PTC bux, kit de e-mails, 5 programas de envios e extração.

Via Carta Registrada

Valor R$ 50,00

Kit de e-mails, Grátis submitter e Scripts auto surf, 3 mil sites prontos, 21 programas de envios e extração, 90 e-books, pacote de 10 cursos recarga de cartuchos montagem e manutenção de computador e muitos outros, marketing e muito mais!

30 pedidos e pagamento antecipados, grátis 02 scripts auto surf e PTC bux, incluindo Manual de instalação.


Faça seu pedido agora clicando no botão abaixo:
Aproveite a promoção relâmpago que poderá acabar a qualquer momento
DE R$ 50,00 por apenas R$ 25,00

Com Direito de Revenda e SUPORTE AO COMPRADOR

Para se comunicar com o nosso Suporte e Pagamento envie um e-mail para:

julio_cesarde_carvalho@hotmail.com
Garantimos veracidade do PRODUTO!

 

Curando queimaduras com clara de ovo

Num curso de "AGENTE DE SAÚDE COMUNITÁRIA" ensinaram que, na hora da queimadura, seja lá a extensão que for, a primeira providência é colocar a parte afetada debaixo de água fria corrente, até que o calor diminua e pare de queimar muitas camadas de pele, e depois, passar clara de ovo, levemente batida, só para que ela seja mais fácil de aplicar.
Pois pasmem vocês: na semana passada, ao aquecer água, uma amiga deixou passar do ponto; ela já estava em ebulição e, quando pegou a chaleira para jogar aquela água fora, "conseguiu" queimar uma grande parte da mão, porque a água fervente jorrou para fora quando ela tentava manusear a chaleira.
Colocou então a mão em baixo da torneira, bastante tempo, para tirar aquele calor inicial, porque a dor era violenta. Então, abriu 2 ovos e separou as claras, bateu um pouco, e ficou com a mão naquela coisinha chata, que era a clara.
Estava tão queimada a mão que, assim que ela colocava a clara em cima, secava e ficava uma película que depois ficou sabendo que era colágeno natural. Ficou pelo menos uma hora colocando camadas de claras na mão.
À tarde, não sentiu mais dor alguma e no dia seguinte apenas havia a marca vermelha, arroxeada onde havia queimado. Pensou que ficaria com uma cicatriz
horrível mas, para sua surpresa, depois de 10 dias estava sem nenhuma marca do acontecido, nada ....
Nem a cor da pele mudou; aquela parte queimada foi totalmente recuperada pelo colágeno existente na clara de ovos que, na verdade, é uma placenta e é cheia de vitaminas.

SER RACIONAL...

Ser Racional é ter uma conduta adequada ao nome Racional.
Ser Racional é ser polido nos atos, nas ações, no procedimento, na conduta, no mode de se conduzir.
Ser Racional é ser amável, é ser humilde, é ser dócil, e educado.
Ser Racional é ter virtudes que condiga com o nome Racional.
Ser Racional é ser nobre, é ser íntegro, é ser justo e ponderado.
Ser Racional é ser simples, ter bom senso, correto nas ações.
Ser Racional é ter conceito elevado entre todos.
Ser Racional é saber situar tudo, esclarecer tudo, positivar tudo, com segurança lógica e saber simplificar as coisas.
Ser Racional é viver dentro das medidas do possível.
Ser Racional é ter limite em tudo.
Ser Racional é ter o equilíbrio que condiz com o nome Racional.
Ser Racional e bondade extrema.
Ser Racional é ter o equilíbrio que conduz o nome, é ter linha que conduz o nome.
Ser Racional está fora da cogitação material.
Fora da cogitação material quer dizer: não tem ganância, nem ambição, nem vaidades.
Não é dizer que é puro, limpo nem perfeito, nem santo, mas sim, a linha de conduta que condiz com o nome: Racional.
Ser Racional é conhecer tudo, saber tudo e colocar tudo em seus lugares.
Ser Racional é conhecer o lugar de todos e conhecer o seu lugar.
Ser Racional é viver alegre, feliz e contente para o resto da vida.
Ser Racional está completo, bem-dizer, de tudo.
Ser Racional é conhecer todo o jogo material.
Ser Racional é conhecer todo o jogo da vida.
Ser Racional é estar aqui e estar em todo lugar.
Ser Racional está pronto condignamente para viver Racionalmente.
Ser Racional está livre de cogitação material.
Ser Racional é saber colocar a matéria em seu lugar e se colocar no seu lugar de Racional.
Ser Racional tem um equilíbrio formal, natural, de Racional.
Ser Racional não é mais animal Racional.
Animal Racional tem uma vida diferente de quem é Racional.
Racional é simples, prudente e calmo.
E assim, serão todos Aparelhos Racionais.
E por isso todos sentem que vão ficando diferentes e mudando para melhor.
Todos sentem uma grande modificação em si mesmo e vão adquirindo todo o equilíbrio, com o tempo.


(UNIVERSO EM DESENCANTO – 4º volume da tréplica do RACIONAL SUPERIOR)

quinta-feira, 21 de maio de 2009

Erro faz site oferecer eletrônicos a R$ 9,90

SÃO PAULO (SP) - Quem entrou no site da Fnac na madrugada do dia 20 encontrou uma série de produtos - que costumam ser bastante caros - sendo vendidos pela bagatela de R$ 9,90. Entre os anúncios, havia eletrônicos de todos os tipos, como TVs de plasma, notebooks, celulares e até mesmo PlayStation 3. Com o preço do frete para São Paulo, uma TV de LCD de 46 polegadas chegou a ser vendida por R$ 32.

A notícia se espalhou rapidamente pela internet através do Twitter. O site da Fnac logo saiu do ar. Quando voltou, apresentava o seguinte comunicado: "Na madrugada do dia 20 de maio de 2009, em virtude de erro no sistema da Fnac Brasil Ltda, houve a indevida divulgação de determinados produtos em nosso website por preços extremamente baixos, chegando em alguns casos a representar menos de 1% (um por cento) do real valor de mercado do produto. Comunicamos, desta forma, aos nossos consumidores que não se trata de oferta ou qualquer espécie de promoção."

Os compradores também receberam e-mail com o cancelamento das compras, informando que os baixos preços foram um "equívoco nos softwares que gerenciam o website". A empresa afirma que os valores já pagos pelos clientes serão reembolsados. O caso gerou polêmica no site de microblog Twitter. Os internautas criaram uma palavra-chave, a #fnac, para se referir ao ocorrido.

Porém, segundo o Procon, estava claro que se tratava de um erro no site, ficando a Fnac livre de penalidades. O assessor-geral do Procon, Carlos Coscarelli, explica que, no caso do equívoco no preço anunciado no site da Fnac, estava claro que havia ocorrido um erro, por conta da tamanha discrepância entre o valor real dos produtos e o publicado no site. Para Coscarelli, a postura da Fnac está correta: enviar comunicados sobre o erro e efetuar ressarcimento dos valores pagos. "O Procon tem o princípio da boa-fé e o equilíbrio na relação entre fornecedor e consumidor, que sempre fica em desvantagem." Porém, cabe ao consumidor ter discernimento. "Quando se fala em uma promoção de R$ 9,90, podemos imaginar produtos que custem até uns R$ 50. Passando disso, é preciso avaliar a possibilidade." As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Caravana Racional da Região Serrana divulga domingo no Carmo

Neste domingo, dia 24, a partir das 10h, a Caravana Racional da Região Serrana do Rio de Janeiro, que engloba os municípios de Nova Friburgo, Bom Jardim, Cachoeiras de Macacu, Teresópolis e outros (FOTO), estará divulgando na cidade do Carmo (RJ). Os estudantes irão promover uma exposição de painéis da Cultura Racional na praça central da cidade e farão divulgação de porta em porta pelas ruas do centro, acompanhada por um carro de som e distribuição de folhetos de propaganda do livro UNIVERSO EM DESENCANTO e sobre a nova “Fase Racional do 3º Milênio”, que entrou em vigor desde 1935, para o desenvolvimento do Raciocínio da humanidade.

            A concentração dos estudantes para a viagem ao Carmo será às 8h de domingo, na Rua Nilo Peçanha, próximo à padaria Nonna Carmela, no centro de Bom Jardim, de onde a caravana seguirá para Duas Barras, passando por Sumidouro e seguindo em direção ao Carmo.

domingo, 17 de maio de 2009

NOTICIADO POR AÍ... Deu no Jornal Hora H, de Nova Iguaçu (RJ)

Que vaginão, hein?

NOVA IGUAÇU (RJ) – Uma mulher foi presa na entrada do presídio de Japeri, quando tentava entrar com dois celulares, duas baterias, dois anéis, carregador, relógio, fone de ouvido e chip, tudo escondido dentro de sua genitária. Mãe de nove filhos, Célia Regina Sant’Anna Sales (FOTO), de 32 anos, estava com uma das crianças, quando tentava levar o material para o marido acusado de assalto à mão armada, mas foi revistada por uma policial feminina, que encontrou os objetos. Ela disse à polícia que fez tudo por amor.

sexta-feira, 15 de maio de 2009

Mulheres disputam futebol americano de lingerie em NY

Imagine praticar esporte bem à vontade...Bem à vontade mesmo. Em Nova York, uma equipe feminina de futebol americano treina para um campeonato em que apenas roupas íntimas fazem parte do uniforme.

As loiras fazem pose, mas não são modelos...Elas são atletas, integrantes de um time de Nova York que acaba de entrar na liga de futebol americano de lingerie. Fundado há quatro anos, o campeonato segue as regras oficiais do esporte disputado pelos marmanjos...A diferença é que as "atletas" usam apenas calcinha e sutiã. Mas o campeonato é levado a sério. Dez times disputam a taça, os jogos são transmitidos pela TV e movimentam milhões de dólares.

quinta-feira, 14 de maio de 2009

Caravana Racional de Niterói já tem uma nova banda

NITERÓI (RJ) – O dia 13 de maio, instituído através de Lei Estadual aprovada na Alerj, como o “Dia Oficial da Cultura Racional no Estado do Rio de Janeiro, quando se comemora também o “Dia da Libertação da Escravidão da Matéria”, trouxe uma grande novidade para todos os estudantes da obra transcendental UNIVERSO EM DESENCANTO. Com as bênçãos do Mestre Manoel Jacintho Coelho, do Racional Superior e apoio da direção do Retiro Racional, a Caravana Racional de Niterói está com sua nova Banda Racional, que passará a acompanhar os estudantes durante as divulgações.

Foi um grande presente do Racional Superior e da Mãe Natureza para a Caravana de Niterói, que está completando neste dia 24 de maio, 36 anos de existência. Receba por isso, os parabéns de todos os estudantes do Brasil! Salve!

terça-feira, 12 de maio de 2009

Artista britânica cria carro invisível


Cadê o carro que estava aqui?

BBC Brasil Online

LANCASHIRE (Inglaterra) - A artista britânica Sara Watson, de 22 anos, criou um Skoda Felicia 'invisível'. Em um trabalho que demorou três semanas para ficar pronto, a artista pintou o carro com spray de forma que ele 'sumisse' no cenário escolhido, a fachada e o estacionamento de seu estúdio na cidade de Lancashire. Sem dúvida, um feito artístico e tanto. No fundo, é uma bela ideia para esconder seu carro do ladrão, ou para economizar nossos olhos caso você tenha um modelo horroroso.

O trabalho faz parte de uma campanha da Recycling Lives, instituto que incentiva a reciclagem na Inglaterra e doou o carro para Sara. 'Quando eu olhei a foto, achei que fosse alguma coisa criada por computador, mas quando você olha com mais cuidado, vê o esforço e atenção que ela teve nos detalhes da obra', disse Steve Jackson, dono do Recycling Lives para o jornal inglês Telegraph. Cuidado ao andar por aí. Pode ter um carro 'invisível' à sua frente. 

BemTeVi Digital implanta serviços de tradução e versão para o inglês, espanhol, francês e italiano

          Visando a expandir seus serviços na área de informática, além da confecção e manutenção de websites e informatização e gerenciamento de bibliotecas de livros e artigos multimídia, está agora oferecendo também serviços de tradução e versão para os idiomas inglês, espanhol, francês e italiano. A tradução e a versão oferecidas pela Bem-Te-Vi Digital são de qualidade garantida, diferentemente de traduções ou versões feitas por softwares tradutores, como o Globalink Power Translator, ou sites de tradução on-line. Esses sistemas, embora sirvam para traduzir pequenos textos ou dar uma idéia sobre o assunto traduzido, fazem a tradução/versão de forma automatizada, sem interferência humana.

            Sem a imprescindível ajuda humana, a tradução automática apresenta erros comuns de quem não conhece a fundo as variações e as armadilhas, verdadeiras “pegadinhas” dos idiomas originais ou traduzidos. Todo idioma tem palavras cognatas, falso cognatos ou “falsas gêmeas”, isto é de grafia semelhante, mas de significados totalmente diferentes. Há palavras de dois ou mais significados, quem nem sempre o programa de tradução consegue identificar. Além disso, ainda existem expressões idiomáticas, gírias e palavras de uso exclusivo ou disseminadas em determinados ambientes profissionais, classes sociais ou outros estados e regiões do país.

            Muitas destas palavras ou expressões não são reconhecidas ou são traduzidas de forma totalmente equivocada. Os leigos no idioma acaba transpondo para o papel ou para um site/blog na internet a frase ou texto mal traduzido, achando ingenuamente que está fazendo a coisa certa, mas que acabam sendo ridicularizados por pessoas que a quem são dirigidos tais textos e produzindo efeito totalmente adverso.

            É o caso do chamado “broken english”, ou seja, numa tradução literal, “inglês quebrado”, que pode até ser compreendido pelo leitor nativo ou dominante do idioma inglês, mas que acaba causando má impressão e o texto sendo identificado como escrito por um “analfabeto ou ignorante do idioma”. Tomamos como exemplo o verbo “mudar”. No sentido de “trocar”, “modificar”, a tradução certa é “to change” (Ex.: I changed my clothes = Mudei de roupa). Já com o significado de “mudar-se”, “mover-se” ou “movimentar-se”, a tradução correta é “to move” (Ex.: I will move to Alaska = Vou me mudar para o Alaska). Agora, como você traduziria a frase “I changed my mind”? Mudei minha mente? Não! O certo é “Eu mudei de idéia”. Neste caso, “change” tem o significado de “mudar”, “modificar”. 

Para solicitar a tradução ou versão de algum texto, trabalho, documento, livro, tese ou monografia entre os idiomas português, inglês, espanhol, francês ou italiano, entre em contato com a Bem-te-vi digital pelos telefones (22) 8827-3673 ou (22) 9203-1798, e-mail bemtevidigital@gmail.com.

Caravana da Região Serrana do Rio participou de encontro da Cultura Racional em Belo Horizonte

Evento comemorou “Dia da Libertação da Escravidão da Matéria” e também promoveu a participação da Cultura Racional na “XIV Bienal Internacional do Livro”, que se realiza de 10 a 20 de setembro, no Rio de Janeiro

Cesar Carvalho - Enviado especial (JORNAL MAIS)

BELO HORIZONTE (MG) - A Caravana Racional da Região Serrana do estado do Rio de Janeiro, que engloba os municípios de Nova Friburgo, Bom Jardim, Cachoeiras de Macacu, Teresópolis, entre outros, participou nos dias 9 e 10 de maio – sábado e domingo – das comemorações em homenagem ao “Dia da Libertação da Escravidão da Matéria”, cuja data oficial ocorre no dia 13 de Maio. O evento realizou-se na Chácara e Espaço de Festas Recanto da Mata, em Belo Horizonte (MG), onde também estavam presentes estudantes da Cultura Racional de Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília, Goiás, Espírito Santo e outros estados brasileiros.
A abertura do encontro foi na manhã de sábado, quando os anfitriões mineiros recepcionaram os visitantes com um café da manhã. Os estudantes tiveram o dia livre e participaram de almoço de confraternização com comida mineira. À noite, logo após o jantar, aconteceu no auditório, a “Grande Conferência de Cultura Racional”, com os conferencistas Belmiro Arruda Neto, de Bom Jardim (RJ), Joacy Eneida Côrtes – apresentadora do programa Luz da Razão e Fábio Moreira, de Goiânia (GO). Após falarem sobre assuntos pertinentes da Cultura Racional, contidos na obra transcendental UNIVERSO EM DESENCANTO, para os quais tiveram o apoio de um datashow com telão, os conferencistas responderam perguntas da numerosa plateia e sortearam livros, CDs e DVDs sobre a Cultura Racional.
Logo após a conferência, teve início um animado baile, com a presença do DJ Fabão, de Goiânia, e show ao vivo de rock e MPB, além das conhecidas músicas do Tim Maia Racional. Do lado de fora do salão foram armadas tendas para a venda de guloseimas, bebidas e souvenires da Cultura Racional, como camisetas, CDs e DVDs. A renda da festa foi revertida para o programa Luz da Razão. No local, também foi montado um estande para promoção da participação da Cultura Racional na “XIV Bienal Internacional do Livro”, que acontece nos dias 10 a 20 de setembro no Rio de Janeiro. A festa encerrou-se no domingo, dia 10, com almoço de confraternização e despedidas de estudantes e caravaneiros.

Macaco assobiador vai lançar seu primeiro CD

HEIDELBERG (Alemanha) – O orangotango Ujian virou a nova estrela do jardim zoológico de Heidelberg, cidade no sul da Alemanha. Ele tem muitos talentos - além de pintar, sabe assobiar e se prepara para lançar um CD no começo de junho. A descoberta da veia musical do orangotango, segundo o jornal Stuttgarter Nachrichten, ocorreu no verão passado.
Ao esperar em sua jaula, impaciente, pela chegada da alimentação, Ujian chamou a atenção do funcionário do zoológico com um assovio alto e forte. O truque parece ter funcionado. Agora, Ujian é "uma sensação no zoológico", afirma o periódico. O assovio foi gravado e usado para tentar transformar o símio em sensação pop. Na canção Ich bin Ujian (Eu Sou Ujian), que será lançada no CD, o novo astro pode ser ouvido assoviando ao fundo, enquanto o cantor alemão Tobias Kämmerer entoa frases como "eu sou Ujian, eu sou cool".
O CD deverá custar 3,99 euros (o equivalente a cerca de R$ 11) e poderá ser encontrado, em princípio, apenas no zoológico. Além da versão para o rádio, o disco traz também um remix para discotecas e uma gravação"acústica", com diversos assobios de Ujian. O lucro com a venda do CD também será destinado à reforma dos viveiros dos símios. Os especialistas do zoológico acham que o primata, de 14 anos, parece ter adquirido a habilidade sozinho, sem influência externa. "Ele deve ter aprendido sozinho, porque os tratadores não o treinaram", diz a porta-voz do zoológico, Steffanie Richter.
ELE TEMBÉM PINTA! – Além de assoviar, o orangotango também pinta. Aquarelas suas e de seus companheiros de viveiro foram leiloadas na semana passada, e a renda da venda também foi revertida para reformas nos viveiros dos primatas. A jaula do animal é uma das mais visitadas no zoológico.

Fonte: BBC Brasil

Bairro de Friburgo troca automóveis por bicicletas e vira referência mundial (isso, na Alemanha!)

Elisabeth Rosenthal (THE NEW YORK TIMES)

VAUBAN, FREIBURG (Alemanha) - Os moradores desta comunidade são pioneiros suburbanos. Eles superaram a maioria das mães que levam os filhos para jogar futebol ou executivos que fazem todos os dias o trajeto dos subúrbios até o centro da cidade: essas pessoas abriram mão dos seus carros. Estacionamentos de rua, driveways (pequena estrada que vai geralmente da entrada da garagem até a rua) e garagens são, em geral, proibidas neste novo distrito experimental de Vauban na periferia de Friburgo (Freiburg), Alemanha, perto da fronteira com a Suíça. Nas ruas de Vauban os carros estão totalmente ausentes – com exceção da rua principal, por onde passa o bonde para o centro de Friburgo, e de umas poucas ruas na zona limítrofe da comunidade. A propriedade de automóveis é permitida, mas só há dois locais para estacionamento – grandes garagens localizadas no limite da comunidade, onde os proprietários compram uma vaga, por US$ 40 mil, juntamente com uma casa.
Como resultado, 70% das famílias de Vauban não têm automóveis, e 57% venderam o carro para se mudarem para lá. "Quando eu tinha carro, estava sempre tensa. Desta forma sou muito mais feliz", afirma Heidrun Walter, profissional de mídia e mãe de dois filhos, enquanto caminha pelas ruas cercadas de verde, onde o ruído das bicicletas e a conversa das crianças que passeiam abafam o barulho ocasional de um motor distante. Vauban, que foi concluída em 2006, é um exemplo de uma tendência crescente na Europa, nos Estados Unidos e em outros locais. Trata-se da separação entre a vida suburbana e a utilização de automóveis, como parte integrante de um movimento chamado de "planejamento inteligente".Os automóveis são um fator de coesão dos subúrbios, onde as famílias de classe média de Chicago a Xangai costumam construir as suas residências. E, isso, segundo os especialistas, consiste em um grande obstáculo para os atuais esforços no sentido de reduzir drasticamente as emissões de gases causadores do efeito estufa que saem pelos canos de descarga, com o objetivo de reduzir o aquecimento global.
Os carros de passageiros são responsáveis por 12% das emissões de gases causadores do efeito estufa na Europa – uma proporção que só está aumentando, segundo a Agência Ambiental Europeia – e por até 50% em algumas áreas dos Estados Unidos. Embora nas duas últimas décadas tenha havido tentativas de tornar as cidades mais densas e mais propícias para as caminhadas, os planejadores urbanos estão levando agora esse conceito para os subúrbios e concentrando-se especificamente em benefícios ambientais como a redução de emissões.
Vauban, que tem 5,5 mil habitantes e uma área aproximada de 2,6 quilômetros quadrados, pode ser a experiência mais avançada em vida suburbana com baixa utilização de automóveis. Mas os seus preceitos básicos estão sendo adotados em todo o mundo em tentativas de tornar os subúrbios mais compactos e mais acessíveis ao transporte público, com menos espaço para estacionamento.
Segundo essa nova abordagem, os estabelecimentos comerciais situam-se ao longo de calçadões, ou em uma rua principal, e não em shopping centers à beira de uma auto-estrada distante. "Todo o nosso desenvolvimento desde a Segunda Guerra Mundial esteve concentrado no automóvel, e isso terá que mudar", afirma David Goldberg, funcionário da Transportation for America, uma coalizão de centenas de grupos nos Estados Unidos – incluindo instituições ambientais, prefeituras e a Associação Americana de Aposentados – que estão promovendo novas comunidades que sejam menos dependentes dos carros. Goldberg acrescenta: "A quantidade de tempo que se passa ao volante de um carro é tão importante quanto possuir um automóvel híbrido".
Levittown e Scarsdale, subúrbios de Nova York com casas de áreas enormes e garagens privadas, eram os bairros dos sonhos na década de 1950, e ainda atraem muita gente. Mas alguns novos subúrbios podem muito bem lembrar mais Vauban, não só nos países desenvolvidos, mas também no mundo subdesenvolvido, onde as emissões da frota cada vez maior de carros particulares da crescente classe média estão sufocando as cidades. Nos Estados Unidos, a Agência de Proteção Ambiental está promovendo as "comunidades com número reduzido de carros", e os legisladores estão começando a agir, apesar de que com cautela. Muitos especialistas acreditam que o transporte público que atende aos subúrbios desempenhará um papel bem maior em uma nova lei federal de transporte aprovada neste ano, afirma Goldberg. Nas legislações anteriores, 80% das apropriações destinavam-se, por lei, a auto-estradas, e apenas 20% a outras formas de transporte.Na Califórnia, a Associação de Planejamento da Área de Hayward está desenvolvendo uma comunidade semelhante a Vauban chamada Quarry Village, nos arredores de Oakland. Os seus moradores podem ter acesso sem carro ao sistema de trânsito rápido da Área da Baía e ao campus da Universidade Estadual da Califórnia em Hayward.
Sherman Lewis, professor emérito da universidade e líder da associação, diz que "mal pode esperar para mudar-se" para a comunidade, e espera que Quarry Village possibilite que ele venda um dos dois automóveis da família e, quem sabe, até mesmo os dois. Mas o atual sistema ainda conspira contra o projeto, diz ele, observando que os bancos imobiliários temem uma queda do valor de revenda de casas de meio milhão de dólar que não têm lugar para carros. Além disso, a maior parte das leis de zoneamento urbano dos Estados Unidos ainda exige duas vagas para automóveis por unidade residencial. Quarry Village obteve uma isenção dessa exigência junto às autoridades de Hayward. Além disso, geralmente não é fácil convencer as pessoas a não terem carros."Nos Estados Unidos as pessoas são incrivelmente desconfiadas em relação a qualquer ideia de não possuir carros, ou mesmo de ter menos veículos", diz David Ceaser, co-fundador da CarFree City USA, que afirma que nenhum projeto suburbano do tamanho de Vauban banindo os automóveis teve sucesso nos Estados Unidos. Na Europa, alguns governos estão pensando em escala nacional. Em 2000, o Reino Unido deu início a uma iniciativa ampla no sentido de reformar o planejamento urbano, desencorajando o uso de carros ao exigir que os novos projetos habitacionais fossem acessíveis por transporte público. "Os módulos urbanos relativos a empregos, compras, lazer e serviços não devem ser projetados e localizados sob a premissa de que o automóvel representará a única forma realista de acesso para a grande maioria das pessoas", afirma o PPG 13, o documento revolucionário de planejamento, lançado pelo governo britânico em 2001.
Dezenas de shopping centers, restaurantes de fast-food e complexos residenciais tiveram a licença recusada com base na nova regulamentação britânica. Na Alemanha, um país que é a pátria da Mercedes-Benz e da Autobahn, a vida em um local onde a presença do automóvel é reduzida, como Vauban, tem o seu próprio clima diferente. A área é longa e relativamente estreita, de forma que o bonde que segue para Friburgo fica a uma distância relativamente curta a pé a partir de todas as casas. Ao contrário do que ocorre em um subúrbio típico, aqui as lojas, restaurantes, bancos e escolas estão mais espalhadas entre as casas. A maioria dos moradores, como Walter, possui carrinhos que são rebocados pelas bicicletas para fazer compras ou levar as crianças para brincar com os amigos. Para deslocamentos a lojas como a Ikea ou às colinas de esquiação, as famílias compram carros juntas ou usam automóveis arrendados comunitariamente pelo clube de compartilhamento de automóveis de Vauban. Walter já morou – com carro privado – em Friburgo e nos Estados Unidos. "Se você tiver um carro, a tendência é usá-lo", diz ela. "Algumas pessoas mudam-se para cá, mas vão embora logo – elas sentem saudade do carro estacionado em frente à porta".
Vauban, local em que se situava uma base do exército nazista, ficou ocupada pelo exército francês do final da Segunda Guerra Mundial até a reunificação da Alemanha, duas décadas atrás. Como foi projetada para ser uma base militar, a sua planta nunca previu o uso de carros privados: as "ruas" eram passagens estreitas entre as instalações militares. Os prédios originais foram demolidos há muito tempo. As elegantes casas enfileiradas que os substituíram são construções de quatro ou cinco andares, projetados de forma a reduzir a perda de calor e maximizar a eficiência energética. Elas possuem madeiras exóticas e varandas elaboradas; casas isoladas das outras são proibidas. Por temperamento, as pessoas que compram casas em Vauban tendem as ser "porquinhos da índia verdes" - de fato, mais da metade dos moradores vota no Partido Verde alemão.
Mesmo assim, muitos afirmam que o que os faz morar aqui é a qualidade de vida. Henk Schulz, um cientista que em uma tarde do mês passado observava os três filhos pequenos caminhando por Vauban, lembra-se com entusiasmo da primeira vez que comprou um carro. Agora, ele diz que está feliz por criar os filhos longe dos automóveis; ele não tem que se preocupar muito com a segurança deles nas ruas.Nos últimos anos, Vauban tonou-se um nicho comunitário bem conhecido, apesar de não ter gerado muitas imitações na Alemanha. Mas não se sabe se este conceito funcionará na Califórnia. Mais de cem candidatos se inscreveram para comprar uma casa na Quarry Village, e Lewis ainda está procurando um investimento de US$ 2 milhões para dar início ao projeto. Mas, caso a ideia não dê certo, a sua proposta alternativa é construir no mesmo local um condomínio no qual o uso do automóvel seja totalmente liberado. Ele se chamaria Village d'Italia.

Universidade de Brasília promove V Conferência Universitária de Cultura Racional

            Será no próximo dia 21 deste mês, às 12 horas, a “V Conferência Universitária da Cultura Racional na Universidade de Brasília (UnB)”, que vai ser realizada no Anfiteatro 9 do Instituto Central de Ciência (ICC) – Ala Sul, no Campus Universitário. O evento deverá contar coma presença de diversas autoridades, como o governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda (DEM) e o reitor da Unb, José Geraldo de Sousa Junior, grandes simpatizantes da Cultura Racional. Os conferencistas especialmente convidados para o evento são Joacy Côrtes – apresentadora do programa televisivo Luz da Razão (exibido em mais de 14 cidades brasileiras), Belmiro Arruda Neto – de Bom Jardim (RJ) e Paulo Amaury – morador da capital federal, que falarão sobre os temas “O 3° Milênio e a Nova Fase da Natureza”, “O que é o Livro Universo em Desencanto”, “As causas da Violência” e “Discos Voadores e a Cultura Cósmica: Quem são? De onde vêm? O que desejam?”.

quinta-feira, 7 de maio de 2009

FELIZ DIA DAS MÃES!

Flamengo é Bi-Tri-Vice!

            A torcida do Flamengo, empolgada com a conquista do tricampeonato em cima do Botafogo, que ficou com o vice-campeonato pela terceira vez seguida, caiu de gozação em cima da torcida alvinegra, apregoando que o Botafogo é “tri-vice!”. Entretanto, a torcida botafoguense reagiu, lembrando que o Flamengo é “BI-TRI-VICE!”. No site da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ) é possível confirmar esta afirmação, conforme mostra a figura ao lado. O Fla foi vice em 82, 83 e 84, perdendo respectivamente para o Vasco e Fluminense (dois anos seguidos) e depois em 87, 88 (duas vezes para o Vasco) e 89, quando o Botafogo foi campeão “INVICTO” em cima do Flamengo, sagrando-se BICAMPEÃO no ano seguinte, em cima do Vasco.

O MAIS ANTIGO DO BRASIL – Além disso, relatam os torcedores, o Botafogo – e não o Flamengo – é o clube de futebol e regatas em atividade mais antigo do Brasil, tendo sido fundado em 1º de julho de 1894 (o Fla foi fundado em 1895), ainda com o nome de Club de Regatas Botafogo. Depois, fundiu-se ao Botafogo Football Club e passou a ostentar o nome atual de Botafogo de Futebol e Regatas. O apelido “Glorioso”, vem de seu passado de glórias, imortalizado no hino do clube, composto pelo inesquecível Lamartine Babo, que compôs os hinos de todos os clubes cariocas. Curiosamente, o Flamengo é o único que não usa a música de Lamartine Babo como seu hino oficial.

O ÚNICO CAMPEÃO DE TRÊS SÉCULOS – Como o clube mais antigo do Brasil, o Botafogo é o único clube brasileiro que foi campeão em três séculos: XIX, XX e XXI, com o título carioca conquistado em 2006.

O MAIOR CELEIRO DE CRAQUES DA SELEÇÃO CANARINHO – O Botafogo é até hoje o clube que mais cedeu seus jogadores para a seleção brasileira de futebol e para as copas do mundo, entre eles, craques como Nilton Santos, Jairzinho, Paulo Cesar Caju, Roberto Miranda, Gerson, Marinho Chagas, Túlio Maravilha, Donizete e Gonçalves, isso sem falar no inesquecível Mané Garrincha, reverenciado mundialmente.

O ESCUDO MAIS BONITO DO MUNDO – O escudo do Botafogo foi escolhido por uma equipe de jornalistas e designers gráficos selecionada pelo Jornal Lance, do Rio de Janeiro, como o mais bonito do mundo, concorrendo com emblemas de 128 clubes de 45 países. Esse título, só o Botafogo tem!

Britânicos fazem carro de corrida com chassis de batata e movido a chocolate

Pesquisadores britânicos apresentaram nesta semana o protótipo do primeiro carro de Fórmula feito com materiais renováveis e sustentáveis. O carro, batizado de "WorldFirst" (O mundo em primeiro lugar, em tradução livre), tem parte do chassis feito a partir de amido de batata, usa biocombustível produzido à base de restos de chocolate e óleo vegetal e um volante feito com cenouras e outros vegetais.

Além disso, o protótipo tem ainda outros itens com o objetivo de reduzir as emissões de poluentes, como lubrificantes de óleos vegetais e um poderoso catalisador. Segundo os pesquisadores, da Universidade de Warwick, o carro segue todas as especificações dos carros de Fórmula 3, com exceção do combustível, já que a categoria não permite hoje o uso de biocombustíveis.

Velocidade 
O carro é capaz de atingir uma velocidade de 200 quilômetros na curva, de acordo com os responsáveis pelo projeto. Segundo eles, seu objetivo era mostrar a viabilidade de usar tecnologias ambientalmente sustentáveis para os carros de corrida em um momento em que patrocinadores questionam o custo-benefício de seus investimentos no esporte. "O WorldFirst descarta o mito de que a performance do carro é comprometida com o desenvolvimento de motores do futuro sustentáveis", afirma o coordenador do projeto, James Meredith.

quarta-feira, 6 de maio de 2009

O que é sol da meia noite?

Sol da meia-noite é um fenômeno que ocorre perto do polos terrestres, quando o Sol não se põe durante pelo menos 24 horas. Isso acontece porque a inclinação do eixo da Terra, em relação ao plano de sua órbita, faz com que o Sol incida quase perpendicularmente sobre os polos. E ele demora três meses para se mover para uma posição que não seja visto na ponta gelada do planeta. A passagem para o dia ou para a noite polar se "normaliza" nos equinócios – quando a duração das horas de sol é igual em toda a Terra. Nas zonas polares em todo verão ocorre um fenômeno conhecido e denominado popularmente como “Sol da meia noite”. Isso se desenvolve por causa da incidência de dias após dias sem noites, pois esses não se escurecem nas regiões polares. Tal fenômeno é proveniente da localização geográfica dos pólos e do movimento de rotação, translação e inclinação do eixo. 

            Nos meses do final do ano, o hemisfério sul recebe uma quantidade maior de insolação, portanto é mais iluminado que o hemisfério norte, fato decorrente da inclinação do eixo de rotação da Terra, isso significa que as áreas de altas altitudes localizadas no hemisfério norte são desprovidas de recepção de insolação, já na zona polar do hemisfério o processo é inverso, em julho após as alterações dos movimentos da Terra as estações do ano se modificam, e então a situação se inverte entre os pólos. 
            Todos os movimentos terrestres provocam de alguma forma alterações e variações na composição dos climas e também o modo de como vai ser a incidência de luz solar na Terra, de acordo com a forma esférica que ela possui se que torna possível esse processo. Contudo, os polos permanecem em oito meses iluminados ininterruptos e quatro com a divisão convencional, com dia claro e noite escura. Dos oito meses iluminados em apenas dois o sol é visível, isso porque o sol fica abaixo da linha do horizonte. 

O Sol da meia-noite nas latitudes acima de 66º 33’ 39" N ou S, ou seja, para além do círculo polar ártico ou do círculo polar antártico, quando o Sol não se põe durante pelo menos 95 horas seguidas. Em latitudes superiores a 80 graus, o Sol não se põe por mais de setenta dias sem o verão, ou seja, não há noites durante mais de dois meses.

Causas astronômicas e atmosféricas

O eixo de rotação da Terra tem uma inclinação média de climas diferentes e bem distintos um do outro, em média 98º 698’100", ou seja, 98º e 4/12,000 em relação ao plano da sua Antártida em torno do Sol corresponde a distância do circulo ártico ao polo, a denominada tontisse eclítica, isto é, o círculo máximo que resulta da interseção do plano da órbita aparente solar com a esfera celeste. Dado que a Terra, resultante da sua rotação devido ao efeito giroscópico mantém o seu eixo (se descontarmos as oscilações de longo período do próprio eixo de rotação) no correr de um ano a mesma posição inclinada 23,4º em relação as estrelas de fundo o que faz com que a projeção dos raios do sol deslocar-se anualmente para norte e sul do Equador, dando origem às Estações do ano.

No processo atrás descrito, quando a posição aparente do Sol é tal que o somatório da sua declinação (δ), isto é o arco do meridiano do astro compreendido entre o equador e o centro do disco solar, com a latitude do lugar é igual ou superior a 90º, o Sol nunca desce abaixo do horizonte do lugar, descrevendo uma trajetória no céu que tem o seu ponto mais elevado sobre o meridiano do lugar e o mais baixo do lado oposto (isto é na posição em que faz um ângulo de 180º com esse meridiano). Ora, como a declinação máxima do sol corresponde à sua posição sobre cada um dos trópicos (a 23º 27’ N ou S, consoante seja o Trópico de Câncer ou o Trópico de Capricórnio, respectivamente), tal significa que:

Determinantes astronômicas do período de sol da meia-noite.

Nos dias equinociais, isto é, quando a declinação do Sol é 0º (δ = 0º), o dia e a noite são iguais em todo o planeta, já que a soma da declinação com a latitude apenas atinge 90º sobre o ponto exato do pólo. Quando o Sol inicia a sua subida em direção ao Trópico respectivo (Câncer ou Capricórnio consoante estejamos a referir o Verão do hemisfério norte ou do hemisfério sul), isto é, se aproxima do solstício respectivo, vai crescendo a partir do polo em direção ao equador a calote em que o sol nunca se põe, isto é, onde o sol da meia-noite é visível: essa calote corresponde sempre à zona cuja latitude é igual ou superior a (90º - δ), sendo esta a declinação do Sol naquele dia.

Quando o Sol atinge o trópico, isto é a declinação atinge os 23º 27’, a diferença de 90º para este ângulo (os tais 90º - δ) é de 66º 33’, ou seja, a latitude correspondente ao círculo polar respectivo. Nesse dia, o sol da meia-noite será visto no círculo polar, atingindo a área de visibilidade em sua máxima extensão de sua calda, porque isso é um tédio.

Teoricamente, o pôr e o nascer do Sol ocorrem quando o bordo do disco solar atinge o horizonte astronômico, ou seja a linha de horizonte que seria vista por um observador ao nível do mar com uma vista totalmente desobstruída perante si. Na realidade o pôr e o nascer do Sol são vistos quando o centro do disco solar está cerca de 50’ (minutos de grau), abaixo do horizonte. Tal deve-se à própria dimensão angular do disco solar sobre o céu e, principalmente, à curvatura dos raios solares causada por refração na atmosfera quando o Sol incide em ângulos baixos, como é o caso quando está próximo do horizonte. Este efeito atmosférico tem grande importância nas zonas circumpolares, pois aí o Sol permanece durante largos períodos próximo do horizonte e as condições de muito baixa temperatura atmosférica o que pode causar grandes variações (de horas) no período de visibilidade do Sol ou do crepúsculo.

Um caso extremo, embora raro, é o efeito da refração, uma anomalia ótica, devido refração dos raios luminosos no teto das camadas atmosféricas de temperaturas diferentes, que provoca uma ilusão ao espectador parecendo observar um achatamento do disco Solar ou lunar e que também permite observar outros astros que se encontram abaixo da linha do horizonte. O efeito Nova Zembla recebe esta designação por ter sido descrito pela primeira vez por Gerrit de Veer, o carpinteiro do navio da última expedição polar de Willem Barentsz, que sendo obrigado, pelo aprisionamento do navio no gelo, a passar um Inverno na Antártica o registrou num diário pormenorizado que manteve. Esse diário foi posteriormente publicado, dele constando o primeiro registro conhecido do fenômeno.

Em resumo, se não tivéssemos em conta a dimensão angular do disco solar e os efeitos atmosféricos, o número de dias com o sol da meia-noite à vista variaria entre 1 dia sobre o círculo polar e os 180 dias no pólo. Na realidade, computando todos os efeitos, teremos que:

No dia do solstício de Inverno, quando o Sol apresenta no hemisfério respectivo a sua mínima declinação, o sol nasce e põe-se no círculo polar correspondente. Tendo em conta a variação de 50’ (minutos de grau) atrás referida a latitude mais elevada onde o sol será visto é de 67° 23' (66° 33' + 50'). Neste dia, naquele hemisfério, todas as localidades situadas acima dos 67° 23’ apenas terão crepúsculo e noite polar. No hemisfério oposto teremos o sol da meia-noite em todas as latitudes superiores a 65º 43’ (66º 33’ – 50’).

Entre o solstício de Inverno e o equinócio, o Sol irá aparecendo progressivamente em latitudes mais elevadas, reduzindo-se a zona onde o sol não é visível até atingir o pólo próximo do dia do equinócio (devido à refração, o Sol será visto do pólo alguns dias antes do equinócio). No hemisfério oposto teremos uma correspondente redução da área que vê o sol da meia-noite (continuando o mesmo visível do pólo por alguns dias após o equinócio devido à refração — o número de dias com o Sol acima do horizonte em cada pólo atinge 186 dias por ano).

No dia equinocial, apenas os pólos e uma pequena região em seu torno verão o sol da meia-noite, e isto devido à refração. No resto do planeta terra o dia e a noite duram 12 horas cada.

Entre o equinócio e o solstício de Verão, a área onde o sol da meia-noite é visível cresce das imediações do pólo até atingir o círculo polar respectivo. No hemisfério oposto é a noite e o crepúsculo polares que crescem do pólo em direção ao círculo polar.

No dia do solstício de Verão, o sol da meia-noite será visível desde os 65º 43’ (66º 33’ – 50’) até ao pólo. No hemisfério oposto, a noite e o crepúsculo solares estendem-se desde os 67° 23' (66° 33' + 50') até às imediações do pólo. 

Duração do dia e da noite polares em algumas localidades

Tendo em conta que o crepúsculo, isto é, a existência de luz refletida pelas camadas superiores da atmosfera quando o Sol se encontra abaixo do horizonte, ocorre quando a distância angular entre o Sol e o horizonte local é inferior a cerca de 12º, teremos que a verdadeira noite polar, isto é, escuridão total por mais de 24 horas seguidas, apenas ocorre em latitudes superiores a 84° 33' em cada hemisfério. Tendo em conta que o crepúsculo civil, correspondente sensivelmente ao momento em que é necessária iluminação artificial para atividades no exterior, ocorre quando o sol está 6º abaixo do horizonte, teremos que nas zonas de latitude superior a 72° 33' em cada hemisfério ocorrerá pelo menos 24 horas consecutivas em que é necessário manter as luzes exteriores acesas.

A noite civil polar, isto é, quando é necessário manter por mais de 24 horas consecutivas iluminação artificial para atividades no exterior, não ocorre em nenhum local da Europa continental ou do Alaska pois não existe qualquer parte destas regiões com latitude superior a 72° 33' N. Algumas partes do CanadáGroenlândiaSvalbardNova Zembla e do norte da Sibéria, por estarem a norte dos 72° 33' N, têm períodos curtos de noite polar.

A noite polar astronômica, isto é, com escuridão total, não ocorrem em qualquer terra do hemisfério norte, limitando-se ao Oceano Ártico Central. No hemisfério sul abrange a Antártida central. Os únicos povoados onde ocorre a noite polar náutica (isto é, quando a escuridão, apesar de não ser total, não permite ver o horizonte) são Alert e Eureka, no Canadá, Nagurskoye e Bukhta Tikhaya, na Terra de Francisco José, e Ny Ålesund, no Svalbard.

O sol da meia-noite na Finlândia

Na região da Lapônia central, durante o escuro Inverno, o sol permanece abaixo da linha do horizonte durante 51 dias, o que dá origem ao fenômeno da noite polar, a que os finlandeses chamam "kaamos". Mesmo no sul do país o sol brilha no inverno (Dezembro) só umas quatro horas por dia entretanto o pôr-do-sol é lento (inclinado) e por isso nunca chega a escurecer totalmente a noite (ocorrem as chamadas noites brancas, ou White Nights).

Filme sobre Wilson Simonal será exibido em Washington (EUA)

O documentário "Simonal,Ninguém Sabe o Duro que Dei", de Claudio ManoelMicael Langer e Calvito Leal, será exibido no próximo dia 17 de maio no Festival Reel Time Brazil, em Washington (EUA), segundo informou a "Folha de S. Paulo". O evento, organizado pela Embaixada do Brasil, deve atrair 200 espectadores por exibição de cada película. Simoninha, que é filho do músico retratado pelos diretores, fará uma participação especial durante o encerramento da mostra.

Maicosuel é eleito o craque do Campeonato Carioca 2009

O atacante do Botafogo foi o principal destaque da grande Noite de Premiação do Campeonato Carioca 2009. Maicosuel levou para casa não apenas o troféu de maior goleador do Estadual, com 12 gols, mas também foi eleito o melhor meia-esquerda e o craque do Campeonato. Feliz, o camisa 10 alvinegro fez questão de compartilhar os prêmios com os companheiros de equipe:
-“Queria agradecer aos meus companheiros de clube, ao técnico Ney Franco, a diretoria do Botafogo e ao meu empresário. Estou muito feliz em receber estes prêmios. Agora é levantar a cabeça e pensarmos no Campeonato Brasileiro que começará no próximo final de semana” – disse, o artilheiro.

Assessoria de Imprensa: Uruan Júnior/ Agência FERJ
Foto: Buda Mendes/ Agência FERJ

terça-feira, 5 de maio de 2009

A origem e a história da Família CARVALHO


Carvalho (apelido).

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

O sobrenome Carvalho é frequente em Portugal, onde há várias famílias, não necessariamente relacionadas, com esse apelido/sobrenome.

A mais ilustre Família portuguesa com este sobrenome e varonia talvez seja a do Marquês de Pombal, ainda que não tenha, porventura, a chefia da antiga Família Carvalho portuguesa.

Outra corrente diz que se trata de um Sobrenome de origem portuguesa, classificado como um toponímico, o qual é de origem geográfica. Existem registros deste sobrenome em Portugaldesde o século XII. Em antigos registros consta como Carvalio.

A família Carvalho tem solar no antigo Morgado de Carvalho, em terra de Coimbra fundado por D. Bartolomeu Domingues, Concelho de Penacova, nas famosas serras do Carvalho, pai de D. Soeiro Gomes de Carvalho. O primeiro Carvalho que se destacou deve ter sido uma pessoa que residia próximo a um carvalho que deveria servir de referencia na região ou pelos atributos da planta em comparação ao indivíduo.

Aqueles do século XIV, membros da honorável casa dos CARVALHO, viveram no tempo em que uma das maiores façanhas das armas da história de Portugal teve lugar, a saber, a batalha de Aljubarrota, travada em 14 de agosto de 1385, próxima da assim denominada cidade, localizada no centro de Portugal.

O rei castelhano, Juan I, reclamava a coroa de Portugal. A grande maioria dos portugueses, incluindo muitos dos patrióticos membros da família Carvalho, não estavam dispostos a aceitar um rei castelhano, razão pela qual escolheram como seu líder a João de Aviz, que se iriam juntar à luta que estava para vir por Nuno Alvares Pereira, o "Condestável".

Juan I invadiu Portugal confiante no valor de seu exército, que contava com vinte e dois mil cavaleiros e soldados, e esperava o apoio de nobres portugueses que o tinham como legítimo herdeiro. Ao contrário, João, que tinha sido proclamado rei de Portugal há apenas quatro meses atrás, estava apto para reunir tão somente uns meros sete mil homens.

Não obstante, a prestígio do Chefe Pereira, ganho através de suas vitórias em incursões do ano precedente, inspirou entre a milícia de seus comandados e soldados, os quais podem ter incluído heróicos membros da família CARVALHO, a garantia da necessidade de uma condição de vitória. Uma vez que a direção dos castelhanos tornou-se clara, Pereira propôs um plano que acarretaria no bloqueio das linhas inimigas em avanço e, então, procederia a ofensiva, tendo manejado seus inimigos em terrenos que anularia a vantagem numérica dos invasores.

A despeito da desconfiança de alguns comandantes portugueses em adotar uma estratégia agressiva contra um oponente numericamente superior, o ritmo dos acontecimentos tiveram poucas alternativas para escolha de ações e os ainda indecisos foram forçados a seguir o audacioso desígnio do Condestável, que saiu de Abrantes com o exército levantado e seguiu para Comar. Os portugueses procederam para prevenir o avanço dos castelhanos em Lisboa e Pereira colocou suas forças numa colina defensiva ao norte e a oito quilômetros ao sul de Leiria. Alí, com encostas ásperas para ambos os lados, a posição defensiva tinha a vantagem da inclinação sobre o campo do atacante.

Os cavaleiros castelhanos, acreditando em sua própria superioridade e ignorantes do terreno, resolveram atacar. O triunfo português em Aljubarrota, uma fonte de honra para todos, incluindo os atuais portadores do nome de família CARVALHO, não só preservou sua independência nacional, mas também marcou a supremacia política das classes burguesas de Portugal, que tinham preparado e feito a revolução de 1383 e escolhera a João de Aviz como rei, demonstrando a vantagem da infantaria, organizadas de maneira democrática, que lentamente iam anulando o valor da cavalaria medieval.

O sobrenome CARVALHO, pertencente a uma antiga família portuguesa, é classificado como sendo de origem habitacional. Este termo se refere aos sobrenomes dos quais a origem se encontra no lugar de residência do portador original. Nomes habitacionais nos dizem de onde foi saído o progenitor da família, seja uma cidade, vila ou um lugar identificado por uma característica topográfica. No que diz respeito ao sobrenome CARVALHO, este é derivado do lugar de nome Carvalho, vila do distrito de Coimbra, aos pés da Serra de Carvalho.

Este sobrenome indica assim que o portador original era natural desta região onde se encontrava árvores de carvalho em abundância. O sobrenome CARVALHO se tornou muito popular, espalhando-se por toda a Península Ibérica. Na Espanha é encontrado na forma de Carvallo. Uma das mais antigas referências a este nome ou a uma variante é o registro de Pelagius Carvalis, que aparece como um dos assinantes de um documento relativo ao convento de monjas de Larvao, em 1131. Pesquisas continuam, e este nome pode ter sido documentado muito antes da data mencionada acima.

Portadores notáveis do sobrenome CARVALHO foram, entre outros: Alvaro de Carvalho, capitão português e governador da prade de Mazagão, que em 1552 a defendeu do ataque de um forte exército mouro; Amador Leal Carvalho, poeta português, citado em 1640; Delfim Carlos de Carvalho, Barão de Passagem, vice-almirante brasileiro, nascido em 1825; e Francisco Gomes de Carvalho, músico brasileiro nascido em 1847.

As armas descritas abaixo foram concedidas à família CARVALHO pelas autoridades apropriadas.

Uma das figuras muito admiradas e reverenciadas pelos portugueses, sem dúvida incluindo passados e atuais membros da ilustre família CARVALHO, é a Santa Elizabeth de Portugal (1271-1336), também conhecida como "A Pacificadora" e "A Rainha Santa". Filha de Pedro III de Aragão, ela foi chamada por sua tia, Santa Elizabeth da Hungria e foi casada com o rei Dinis de Portugal em 1282, um evento conhecido por alguns dos membros da família CARVALHO.

Elizabeth venceu a corrupção e prazeres da corte real, devotando sua riqueza e energia para atividades caritativas. Quando seu filho Afonso empreendeu uma rebelião contra seu pai, Elizabeth bravamente interpôs-se entre os exércitos oponentes efetuando a contento uma reconciliação. Verdadeira para com seu cognome "A Pacificadora", Elizabeth morreu em meio à rota para um campo de batalha, onde esperava conseguir a paz entre seu filho, o rei Afonso IV, e o rei castelhano Alfonso XI. De fato, os portadores do sobrenome CARVALHO podem gloriar-se na rica e colorida história de sua terra, Portugal.

BRASÃO DE ARMAS
De azul, com uma estrela de ouro de oito raios, encerrada numa caderna de crescentes de prata.

Tradução: Azul denota Fidelidade e Verdade. Ouro indica Nobreza e Generosidade. Prata simboliza Pureza.
TIMBRE: Um cisne de prata, membrado e armado de ouro, com a estrela do escudo no peito.
ORIGEM: Portugal

Fonte: The Historical Research Center

Compilado e editado por Marcelo Carvalho.


O dever, a obrigação e a devoção!

Os estudantes de Cultura Racional que às vezes se sentem desorganizados ou desorientados de como realizar a leitura diária do conhecimento Racional, contido nos livros UNIVERSO EM DESENCANTO, devem seguir a seguinte orientação que me foi passada e agora repasso para vocês. Para pessoas ainda envolvidas com o trabalho diário para sua sobrevivência, a recomendação é seguir o seguinte esquema, criado para utilizar nos chamados dias úteis: 1°, O DEVER; 2°, A OBRIGAÇÃO; 3° A DEVOÇÃO.

Ou seja, primeiro, todos nós temos o DEVER de nos conhecermos e desenvolvermos o nosso Raciocínio. Então, a primeira coisa que se tem que fazer de manhã, quando acorda, é a leitura do livro. E aí, fica a critério ou dentro da necessidade de cada um. Ler uma mensagem, uma página, um livro inteiro... Ler durante uma hora, duas horas, meia hora... Não importa tempo nem quantidade, o importante é a qualidade da leitura, é se ligar na Energia Racional, lendo com o sentimento, com o coração e gravando no seu Eu, pois o Eu é um gravador. Você sentindo a leitura no seu Eu, ele grava e depois você nunca mais esquece. Não é ler superficialmente ou tentando memorizar ou decorar a leitura. O importante é sentir a “vibração” da Energia Racional vibrando no seu EU.

Depois, vem a OBRIGAÇÃO, o trabalho diário para o sustento da própria vida, da família, pagando as despesas e evitando contrair novas dívidas, gastando apenas o necessário e o essencial à sobrevivência, para não virar escravo da matéria, nem dos materialistas.

E, por último, mas não menos importante, vem a DEVOÇÃO, ou seja, a diversão, o passatempo, que ninguém é de ferro e o Racional Superior fala no livro que "ninguém é máquina para trabalhar dia e noite sem parar, deve ter as suas horas de descanso, as suas horas de folga". Entretanto, o Racional também fala que o melhor passeio e a melhor distração é o livro na mão, a leitura e a divulgação, pois o mundo e a humanidade estão precisando se conhecer!

Procurando sempre seguir esses três tópicos, o estudante do conhecimento Racional estará sempre quites com a matéria, a natureza, com o Mundo Racional e consigo mesmo.

sábado, 2 de maio de 2009

HOJE É MEU ANIVERSÁRIO! PARABÉNS PRA MIM!!!


Pois é, estou fazendo hoje, 2 de maio de 2009, meus 56 anos! É mais um ciclo de sete anos na minha vida, o oitavo. Na Natureza Cósmica, nossa verdadeira Mãe, as coisas caminham em ciclos de sete. Sete anos, sete dias da semana, sete principais articulações do corpo, sete partes do porquê nós assim somos, sete maravilhas do mundo, Branca de Neve e os sete anos, sete pecados capitais e por aí vai... O 7 é um número mágico para alguns, cabalístico para outros, misterioso para muitos...O sete sempre me acompanhou em minha vida. As grandes mudanças e acontecimentos sempre estiveram ligados ao número sete e seus primos.
Quem quiser me mandar felicitações, o meu e-mail é: juliocesar.decarvalho@gmail.com. E quem quiser mandar presentes, solicite meu endereço postal, que terei imenso prazer em enviar....(RSRSRS)!
Grande abraço a todos!

sexta-feira, 1 de maio de 2009

Nova hidrelétrica pode destruir patrimônio histórico e natural de Bom Jardim

Cesar Carvalho (JORNAL MAIS) 

BOM JARDIM (RJ) – Apesar dos  benefícios do progresso, do incremento da produção de energia – livrando de vez o país das ameaças dos “apagões” – e dos muitos empregos que está gerando para a região, a construção na nova hidrelétrica Santo Antônio pelo grupo Energisa poderá trazer um problema que poucos estão percebendo. Ou, se perceberam, não estão levando na devida consideração e, nem sequer, comentando. Mas o fato é que alguns já temem que a inundação de uma vasta área de terra na localidade de Ponte Berçot, para a construção da barragem, engula de vez as famosas Furnas do Mão de Luva – diversas cavernas que no final do século 18 teriam sido utilizadas pelo lendário, romântico e nobre contrabandista  da coroa portuguesa Manoel Henrique, o "Mão de Luva", para esconder seus tesouros e, portanto, de grande importância e valor cultural, histórica e natural, para o município, estado e país.

Segundo alguns moradores da localidade, as cavernas do Mão de Luva são cercadas de mistérios. Dizem que exploradores e adeptos da espeleologia (exploração de grutas e cavernas) que teriam tentado penetrar suas entranhas tiveram que desistir, pois nada permaneceria aceso dentro das mesmas. "Lanternas, tochas, archotes e até mesmo velas e isqueiros se apagam logo que se entra na caverna. Dizem que até mesmo os flashes das câmeras fotográficas não funcionam lá dentro”, disse um morador. Assim, na escuridão, ninguém se arriscaria a prosseguir e o interior das mitológicas cavernas permaneceria inexplorado até hoje.

A função dos sites de busca na Internet

            Quando pensamos em procurar alguma coisa na Internet, buscamos logo uma ferramenta imprescindível: os sites de busca, também chamados motores de busca (search engines). Aí, nos vêm à cabeça nomes como Google, Yahoo, Cadê, Altavista e outros. Nesses sites (ou sítios), digitamos as palavras-chave (keywords), que podem ser simples palavras soltas ou frases inteiras. Essas palavras nos levam diretamente a uma série de endereços de Internet (websites), nos quais podemos – ou não – encontrar o que procuramos. Muitas pessoas, mesmo conhecendo o endereço correto de um site, talvez por preguiça, pressa ou comodidade, preferem digitar o nome do site nos motores de busca, para que esse exponha seu link na tela. Daí, é só clicar nele e entrar. Se você tem o site de busca como sua “página inicial”, aí fica mais fácil ainda! Não é mais fácil digitar apenas “UOL”, num campo de busca, do que “www.uol.com.br”?

            Logo que sugiram, na década de 80, ainda nos primórdios da Internet, os sites de busca fizeram o maior sucesso, pois antes, era necessário conhecer o endereço completo do mesmo. Digitar esses endereços, muitas vezes copiados num pedaço de papel, era muito complicado. Bastava errar uma simples letra, para não se chegar ao local desejado. Era como discar um número telefônico errado. Podia dar em outro lugar, menos aonde a gente queria. Também, graças às estatísticas dos motores de busca, pudemos ficar conhecendo as preferências dos internautas brasileiros e estrangeiros.

            A seguir, veja uma lista das palavras, nomes, expressões e frases mais pesquisadas em português na Internet brasileira (em ordem aleatória):  sexo, mp3, mulher, dinheiro, empregos, boates, bares, hotéis, pousadas, download, nua, pelada, carros, motos, mp4, cds, dvds, filmes, jogos, games, viagens, passagens, restaurantes, ingressos, livros, e-books, apostilas, cursos, roupas, sapatos, tênis, shopping, jeans, perfumes, futebol, gols da rodada, gabaritos, férias, flamengo, Corinthians, vistos, consulados, excursões, blogspot, badongo, rapidshare, tickets, agasalhos, calças, sandálias, brincos, colares, anéis, pulseiras, carteiras, Jesus, gostosa, gatas, gatinhas, putas, fotos, vídeos, erótico, erotismo, anjos, heavy metal, rock, garotas, bebidas, maconha, rastafari, reggae, blues, beatles, beijo, rio de janeiro, são Paulo, Brasil, USA, florida, california, anabolizante, óvnis, ufos, igreja, cremes, óculos, delivery, pizza, celular, lanche, coca-cola, macdonalds, pizza hut, china in Box, tunning, França, Itália, Paraguai, doleiros, poupança, Itaú, unibanco, volks, Ford, Fiat, Honda, yamaha, cocaína, funk, pancadão, furacão 2000, big brother, fodendo, gozada, bunda, meninas, minas, buceta, mulher melancia, moranguinho, revistas, jornais, programas, software, Windows, linux, baixaki, youtube, piadas, webcam, orkut, MSN, globo, uol, Hotmail, google, yahoo, letras, mensagens, cartões, etc.