sexta-feira, 11 de março de 2011

Terremotos deslocam eixo da Terra e causam diminuição na duração dos dias

Mudanças afetam duração do tempo e deslocamento do eixo terrestre pode causar degelo polar.

O devastador terremoto de 8,9 graus de magnitude na escala Richter, que abalou nesta sexta-feira (11), o Japão, pode ter deslocado em quase 10 centímetros o eixo de rotação da Terra, segundo um estudo preliminar do INGV (Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia da Itália).
O INGV, que desde 1999 estudou os diversos fenômenos sísmicos registrados na Itália, como o devastador terremoto da região dos Abruzos de 6 de abril de 2009, explica em uma nota que o impacto do terremoto do Japão sobre o eixo da Terra pode ser o segundo maior de que se tem notícia. Em comunicado, o instituto disse:
- O impacto deste fato sobre o eixo de rotação foi muito maior que o do grande terremoto de Sumatra de 2004 e provavelmente é o segundo maior, atrás apenas do terremoto do Chile de 1960.
Mais de 300 pessoas morreram na província japonesa de Miyagi (ao leste do país) por causa do tsunami provocado pelo terremoto, mas ainda há 349 desaparecidos em todo o território japonês. Teme-se que o número de mortos aumente, já que há edifícios destruídos em várias regiões.
A posição geográfica do eixo terrestre vem sendo alterada ao longo dos tempos. Um c
ientista calculou que um tremor na região de Sumatra, em 2004, deslocou o eixo de massa da Terra em 8 centímetros. Em 26 de Dezembro daquele ano, por volta das oito da manhã na hora local da região aconteceu o terremoto, cujo epicentro se localizou em pleno Oceano Índico (devendo por isso ser designado como maremoto), a oeste da ilha de Sumatra. O abalo teve magnitude sísmica estimada primeiramente em 8,9 na Escala de Richter, posteriormente elevada para 9,0, causando 220 mil mortes, talvez o maior desastre natural que se tem notícia no planeta.A energia libertada provocou o terramoto de magnitude elevada, enquanto que o deslocamento do fundo do oceano, quer das placas tectônicas quer de sedimentos remobilizados pelo abalo, deram origem ao tsunami devastador e alteração no eixo de rotação da Terra.
Em 12 de janeiro do ano passado, um forte terremoto de magnitude 7 devastou o Haiti às 16h53, hora local -19h53 de Brasília. O epicentro foi a poucos quilômetros da capital, Porto Príncipe, causando a morte de mais de 200 mil pessoas, inclusive de 21 brasileiros, entre eles dona Zilda Arns, médica pediatra e sanitarista, fundadora e coordenadora internacional da Pastoral da Criança e irmã do cardeal Paulo Evaristo Cardeal Arns.
Logo em seguida, em 27 de fevereiro, houve o devastador terremoto de magnitude 8,8 que sacudiu 80% do Chile, deixando centenas de mortos, além de causar alterações no eixo terrestre, deve ter encurtado a duração de cada dia na Terra, calculou a NASA. A alteração calculada na análise preliminar é de cerca de 1,26 microssegundos. (Um microssegundo equivale a um milionésimo de segundo.) Portanto, é pouco provável que as pessoas lamentem ter menos tempo a partir de agora.

Usando um modelo complexo, Richard Gross, cientista do Jet Propulsion Laboratory (JPL) da NASA, na Califórnia, e seus colegas, calcularam também que a rotação da Terra foi alterada como resultado do terremoto, porque o eixo de massa da Terra se moveu. A alteração do eixo de rotação é estimada em 2,7 miliarcsegundos – por volta de 8 cm, ou 3".

Todas essas mudanças já estão sendo percebidas pela ciência e até mesmo por leigos. O fim do inverno de seis meses na Groenlândia trouxe uma surpresa para os habitantes da imensa ilha: o sol nasceu dois dias antes do previsto, deixando os groenlandeses espantados. Por outro lado, os constantes impactos e alterações no eixo de rotação da Terra, fazendo com que o mesmo se desloque a cada novo cataclisma, podem futuramente, ao lado do aquecimento global, contribuir para o degelo das calotas polares, que abrigam dois terços da água doce do planeta. O fenômeno vai ocasionar o aumento do nível dos oceanos e o desaparecimento de cidades costeiras em todo mundo e até mesmo de países inteiros, como Holanda e Dinamarca.

Para saber mais:

Livro Universo em Desencanto, Cultura Racional, Rio de Janeiro (RJ), Brasil.

Earthquakes displace Earth's axis and cause a decrease in day length

Changes affect the length of time and displacement of the Earth's axis can cause polar melting.

The devastating earthquake of 8.9 magnitude on the Richter scale that struck on March, 11, Japan, may have shifted almost 10 cm in the axis of Earth rotation, according to a preliminary study of the INGV (National Institute of Geophysics and Volcanology of Italy).
The INGV, which since 1999 has studied the various seismic phenomena recorded in Italy, as the devastating earthquake in the region of Abruzzi, on April, 6, 2009, explains in a footnote that the impact of the earthquake in Japan on the Earth's axis may be the second greater than anyone has ever heard. In a statement, the institute said:
- The impact of this fact about the axis of rotation was much greater than that of the great Sumatra earthquake in 2004 and is probably the second largest, behind only the Chile earthquake in 1960.
More than 300 people died in the Japanese province of Miyagi (east of the country) because of the tsunami triggered by the quake, but there are still 349 missing across Japanese territory. It is feared the death toll to rise as there are buildings destroyed in various regions.
The geographical position of the Earth's axis has been changed over time. One scientist estimated that a quake in the Sumatra region, in 2004, shifted the axis of Earth's mass by 8 inches. On December 26 of that year, around eight o'clock in the morning local time the earthquake struck the region, whose epicenter was located right in the Indian Ocean (and should therefore be designated as the Tsunami), west of Sumatra. The quake had a magnitude 8.9 earthquake estimated primarily on the Richter scale, later raised to 9.0, causing 220 000 deaths, perhaps the greatest natural disaster that has news on planet.The energy released caused the earthquake of high magnitude, while the displacement of the ocean floor, or plate tectonics or sediment remobilized by the quake, gave rise to the devastating tsunami, and changes in Earth's rotational axis.
On January 12 last year, a strong earthquake of magnitude seven devastated Haiti at 16:53 local time-19h53 Brasília. The epicenter was a few miles from the capital, Port-au-Prince, killing more than 200 000 people, including 21 Brazilians, including Mrs. Zilda Arns, a pediatrician and a health worker, founder and international coordinator of Children Pastoral and sister of Cardinal Paulo Evaristo Arns.
Shortly thereafter, on February 27, there was the devastating 8.8 magnitude earthquake that rocked Chile's 80%, leaving hundreds dead, and causing changes in the Earth's axis, should have shortened the duration of each day on Earth, estimated NASA. The change is calculated in the preliminary analysis of about 1.26 microseconds. (A microsecond is equal to one millionth of a second.) Therefore, it is unlikely that people have less time to grieve now.
Using a complex model, Richard Gross, a scientist at the Jet Propulsion Laboratory (JPL) in California and his colleagues also estimated that the Earth's rotation has been changed as a result of the earthquake, because the axis of Earth's mass has moved.Changing the rotation axis is estimated at 2.7 miliarcsegundos - about 8 cm or 3 ".

All these changes are already being perceived by science and even by laymen. The end of the winter of six months in Greenland brought a surprise to the inhabitants of the vast island, the sun came two days ahead of schedule, leaving the Greenlanders amazed. Moreover, constant changes and impacts on the Earth's rotational axis, making the same moves to each new cataclysm, may in the future, alongside global warming, contributing to the melting of polar ice caps, home to two thirds of freshwater systems. The phenomenon will cause an increase in sea levels and the disappearance of coastal cities around the world and even of entire countries like Holland and Denmark.

To know more:Read the Book Universe in Disenchantment, Rational Culture, Rio de Janeiro, Brazil.

4 comentários:

Bruna Geovanini Varniër disse...

Que o Pai nos ajude e que a misericórdia dele se renove sobre nós! Caso minha fé o incomode, receio não poder me desculpar por apenas acreditar que Deus possa nos ajudar! Parece que a Terra está chorando e se debatendo!

contato: bruna.geovanini.varnier@gmail.com

Cesar Carvalho (Kzar) disse...

Oi Bruna, obrigado por acessar este blog e pelo comentário muito pertinente. Todos os comentários, desde que não ofensivos, agressivos, spams ou que não digam respeito ao texto comentado são bem-vindos. Abraços.
Julio Kzar

Beth disse...

Que além da misericórdia o Pai de uma luz ao próprio homem que está contribuindo para sua prória destruição e a destruição de semelhantes inocentes....O homem ainda não está acreditando que muitas coisas que ele está em busca da ciência ele está cavando sua p´ropria sepultura! fazer o que?

m'cgal disse...

o mundo esta se perguntando ,oq é isso q esta acontecendo ,eu não posso responde mais a biblía sim ,é o apocalipci
negumm
muitos q não acreditavão agora irão passar a acreditar q deus esta vou tando ...eu quero q venha logo por q acoisa esta feia irmão
salve salve atodo
mcc galllll