quinta-feira, 30 de abril de 2009

Preguiça de digitar URLs faz aumentar visitas a sites de busca


Por íncrivel que este título possa aparecer, por questões de redundância nas palavras pesquisadas nos sites de busca na web, e com algumas pesquisa de opinião chegamos a essa conclusão. Isso mesmo a grande maioria das palavras digitadas nos sites de busca na Internet como Google, Yahoo Cadê, MSN, AOL, são provenientes de internautas que sabem exatamente qual é o endereço do site (sitio) que eles querem entrar. Porém, muitas vezes não querem digitar o tão famoso www...patatipatatá.com.br e digita alí rapidinho no site de busca. Muitos internautas tem site de busca como página inicial e assim que abre digitam as palavras. Outro motivo é o medo de digitar errado e se dar ao luxo de não entrar no site certo, pois ao invés de digitar youtube, digitam "yotube" ou "yutube", ou seja, são vários palavreados que são inscritos para minimazar tempo. Muitas vezes os internatutas se confundem com sufixos como: .com/.com.br/ .pt/ .net/ .org/
Sites simples são motivos de buscas constantes como: Orkut, UOL, Terra, MSN, Hotmail.
Veja as palavra mais pesquisadas por um site "desconhecido" chamado Google desde 2004 até 2008:
1º ORKUT

2º JOGOS

3º MÚSICAS

4º YAHOO

5º UOL

6º TERRA

7º MSN

8º LETRAS

9º GLOBO

10º MENSAGENS

Outros mais para frente encontram-se na lista: Baixaki / Youtube / Tradutor / Mega Sena

quarta-feira, 29 de abril de 2009

Você sabe como funciona a internet pela rede elétrica?

Juliana Oliveira (FOLHA ON-LINE)

SÃO PAULO (SP) - No último dia 13 de abril, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) regulamentou a resolução 527/2009 sobre o uso comercial do BPL (do inglês Broadband over Power Line) ou PLC (Power Line Communication), tecnologia que permite compartilhar a infraestrutura da rede de energia elétrica para acessar internet. Isso significa que, em vez dos modems convencionais para conexão ADSL, cabo ou 3G, o usuário terá à disposição uma outra solução que permite a utilização de um equipamento específico para navegar na web por meio da rede de eletricidade comum.
Segundo os fabricantes dos modems para esse tipo de acesso, pelo BPL é possível alcançar transmissões de até 200 Mbps. No entanto, diversos testes realizados pela Anatel concluíram que a velocidade média não ultrapassa 20 Mbps. De posse do equipamento, que ainda não está disponível para compra no mercado, o usuário irá conectá-lo ao fio do computador, que por sua vez será plugado na tomada receptora de energia.
Como a rede de eletricidade é compartilhada, as concessionárias de serviço, juntamente com as provedoras de acesso, também necessitam implantar um outro modem PLC, conhecido como Master, na infra da rede elétrica secundária da baixa tensão. Por meio de filtros, para que não haja interferência com a frequência da energia usada para alimentar os aparelhos eletrônicos, a transmissão de dados, voz e vídeo é feita.
A principal vantagem da banda larga BPL é conseguir alcançar lugares muitos distantes, onde os outros meios para acesso internet não chegam. Outro fator é a inclusão digital, visto que 97% dos domicílios brasileiros têm eletricidade, e a meta do governo, por meio do programa “Luz para todos”, é ampliar para 100% das residências até 2010.
No entanto, apesar do aval da Anatel, o imbróglio que vem se desenrolando desde 2006 apenas será concluído a partir do segundo semestre. A regulamentação que passou na autarquia agora está em audiência pública na Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A data limite para as considerações é 13 de maio - para só então obter um resultado concreto da aprovação. De acordo com a Anatel, um dos pontos que estão sendo avaliados é como as empresas de eletricidade poderão atuar. O que se sabe é que muitas precisarão obter licença para operar Serviço de Comunicação Multimídia (SCM). Somente depois é que elas poderão atuar nesse mercado. Algumas já obtiveram essa autorização.
InvestimentosConcessionárias de energia correm para levar uma fatia do bolo da internet. A AES Eletropaulo Telecom, por exemplo, vem testando a tecnologia desde novembro de 2007. No projeto-piloto, que inclui 300 prédios e 150 residências, foram investidos R$ 20 milhões.
Na região metropolitana de São Paulo, a companhia tem mais de dois mil quilômetros de fibra óptica instalados. No entanto, a empresa deixa claro que seu principal interesse é atingir prestadoras de serviço. “É importante salientar que vamos oferecer as soluções para os nossos clientes, no caso as operadoras e prestadoras de serviços de telecomunicações”, explica Teresa Vernaglia, diretora-geral, da AES Eletropaulo Telecom.
Já a Companhia Paranaense de Energia (Copel) começou seu projeto no começo deste mês. Inicialmente, 300 usuários do município de Santo Antonio da Platina, região a 370 km de Curitiba, já plugaram seus computadores na tomada e começaram a navegar.
Outra região que utiliza a intenet via BPL é o município de Barreirinhas, no Maranhão. Encabeçada pela Companhia Energética do Maranhão (Cemar) e coordenada pela Fitec e Aptel (associação de empresas proprietárias de infraestrutura e sistemas privados de telecomunicações), a iniciativa tem como principal meta a inclusão digital. Na cidade, serão criadas 14 ilhas digitais em pontos de prestação de serviços (escolas, bibliotecas, postos de saúde, prefeitura e secretarias).
Enquanto as empresas de eletricidade tiram do papel seus projetos, algumas provedoras de telecomunicações preferem não se manifestar, caso da Telefônica e da Oi. Já a GVT foi categórica ao afirmar que não tem planos de investir nessa área.
De acordo com Alcides Troller Pinto, vice-presidente de marketing e vendas da GVT, os testes que vêm sendo realizados há anos no Brasil ainda não comprovaram a viabilidade comercial do serviço. Durante teleconferência de apresentação dos resultados financeiros, realizada na última semana, o executivo afirmou ainda que a “operadora quer ter certeza da qualidade das conexões de internet”, algo que, segundo ele, a companhia não teria garantia caso utilizasse a rede de terceiros.
CustoMas o que muda efetivamente com a entrada desse novo sistema de acesso banda larga no mercado? Só o que os especialistas do setor têm certeza é sobre uma possível inclusão digital que a tecnologia poderá proporcionar. Quanto ao preço, isso é relativo. Dois fatores devem ser levados em conta: o quanto as telcos terão de investir para usufruir da rede das concessionárias – algo ainda em estudo - e como se dará a permissão de uso. “Muitas empresas, especialmente as provedoras de acesso, ainda aguardam a decisão da Aneel para estruturarem seus planos de negócio”, explica Marcos de Souza Oliveira, gerente de Engenharia do espectro da Anatel. Adir Araújo Pinto, gerente de negócios Fitec, empresa que prestou consultoria para AES Telecom, Celg (de Goiás) e Cemar, explica que o BPL é uma solução complementar para as empresas. “O objetivo não é substituir as tecnologias, sendo uma oferta em detrimento da outra, mas sim, ampliar a gama de produto e servir como um fator de inclusão digital”.
Embora Araújo prefira não precisar valores exatos do quanto seria a redução do preço para o usuário final, ele garante que o valor pode cair sim. “Mas isso vai depender de cada companhia”, diz.
Já a Copel considera como estratégia para o futuro cobrar apenas pelo uso efetivo que o usuário fizer do serviço, tal como acontece com o consumo de eletricidade. "Hoje, o consumidor paga um preço determinado pela capacidade e velocidade da sua conexão, não importando se ele a utiliza bastante, pouco ou quase nada", afirma Orlando César de Oliveira, coordenador do projeto de BPL. E complementa: "Imaginamos ser perfeitamente possível implantar um sistema de cobrança mais justo, que leve em conta a utilização real e efetiva do internauta".
Nas simulações feitas pelo coordenador do projeto de BPL, a modificação na forma de cobrança pode resultar numa redução à metade dos preços cobrados hoje pelos sistemas convencionais de conexão. "Isso fará do sistema uma modalidade de conexão bastante acessível e extremamente competitiva dentro do mercado de telecomunicações no futuro", conclui o executivo.

Cultura Racional comemora Dia da Libertação da Matéria



Será no próximo dia 13 de maio, quarta-feira, a comemoração pela Cultura Racional do Terceiro Milênio, do “Dia Internacional da Libertação da Escravidão da Matéria”. A data será celebrada na sede da Cultura Racional, na Rua prof. Paulino Chaves, 21, Vila de Cava, Nova Iguaçu (RJ). Na ocasião, milhares de estudantes da obra transcendental “Universo em Desencanto” estão sendo esperados, vindos de várias partes do Brasil e até mesmo do exterior, para participar das festividades. A programação do encontro prevê desfiles de bandas racionais pelas alamedas do retiro racional e palestras no Centro Científico de Cultura Racional.
A data de 13 de maio foi oficializada pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), no início da década de 80, como o “Dia Estadual da Cultura Racional” a ser comemorado em todos os municípios fluminenses, muito embora, muitos municípios já tenham instituído, através de lei municipal, seu próprio “Dia da Cultura Racional”. A data também é uma homenagem à assinatura da “Lei Áurea” pela magnânima princesa Isabel, no dia 13 de maio de 1888. Leia abaixo trecho sobre o assunto, retirado do site http://www.uedcr.com/4169.html:

Cultura Racional, Data Magna de 13 de Maio

Na Nobre, Importante e Primorosa Data de Hoje, se comemora 120 anos da Assinatura da “Lei Áurea”, pela Formosa “Princesa Isabel”, uma Lei de Ouro que concedeu desde 13 de Maio de 1888, Liberdade a Todos os Escravos do Brasil. É uma Data Considerada Magnífica da Fase em que estamos, da Racionalização dos Povos, a Fase Racional, do Desenvolvimento do Raciocínio. Uma Data Primorosa pelo Grandioso Significado de Liberdade, de Libertação dos Grilhões da Escravidão e que para a Cultura Racional, conforme nos esclarece nas Páginas Brilhantes dos Livros “Universo em Desencanto”, que representa esta data um Marco de Liberdade para Toda a Humanidade, porque desde 04 de Outubro de 1935 se iniciou o Terceiro Milênio de Verdade e com ela uma Nova Fase da Natureza, uma bela Fase da Razão da Vida, de libertação definida e definitiva da Escravidão Material imposta pelas Energias deformadas e degeneradas de fogo, que estão comandando a lapidação e liquidação do Animal Racional, a situação de Salve-se quem puder e se puder no Mundo Todo, de todo jeito e de toda forma porque a Classe do Animal Racional está em extinção e todos precisam saber, sendo as Energias Magnética e Elétrica. É uma data Promissora de Defesa Coerente dos Direitos Humanos, do “Auto conhecimento” de si Mesmo, de Reflexão Racional sobre a Vida, de Respeito e Consideração pelas Leis Naturais da Natureza porque a Liberdade, por exemplo é um Imperativo Natural da Natureza, o livre arbítrio, a livre espontânea Vontade. Uma Data Festiva, Nobilíssima e Próspera em Prol da Verdadeira Paz, União, Fraternidade, Solidariedade, Caridade, Harmonia e Concórdia entre os Povos, entre todas as Raças por que todos somos da mesma Origem Racional, Todos somos legítimos Filhos de Deus.

segunda-feira, 27 de abril de 2009

Caravana Racional da Região Serrana vai participar de evento em Belo Horizonte

Por Cesar Carvalho - Jornalista (Jornal Mais BJ)
A Caravana Racional da Região Serrana Fluminense, que reúne estudantes da Cultura Racional do 3º Milênio dos municípios de Nova Friburgo (base), Bom Jardim, Cachoeiras de Macacu, Teresópolis e outros, estará participando de importante evento racional na cidade de Belo Horizonte (MG), nos dias 9 e 10 de maio – sábado e domingo. Na capital mineira, os estudantes serão recebidos por membros da Caravana Racional local e se juntarão a outros, oriundos de outras cidades do Rio de Janeiro, Minas Gerais, São Paulo, Goiás, Distrito Federal, Mato Grosso, Acre, etc. A concentração para o embarque será no próximo dia 8 de maio, às 21h, em frente ao Banco HSBC, em Nova Friburgo.A Festa Racional terá lugar num sítio localizado nos arredores de Belo Horizonte, no mesmo local onde foi realizada pela primeira vez no ano passado. A programação, que deve se estender madrugada adentro, prevê ainda um animado jantar dançante, com forró e apresentação de bandas locais de pop rock. A expectativa é que também esteja presente a apresentadora do programa televisivo “Luz da Razão”, Drª. Joacy Eneida Côrtes (foto acima), que virá diretamente de Goiânia, onde reside, especialmente para o evento. O “Luz da Razão” já vem sendo apresentado em diversos canais de televisão em 14 cidades brasileiras. Em Nova Friburgo, pode ser visto diariamente, às 11h, na TV Focus, Canal 20.Na sua versão em áudio, o programa também está sendo exibido às segundas-feiras, a partir das 17h, na Rádio Comunidade FM (Nova Friburgo) e na Alternativa FM (Bom Jardim), todo domingo, às 9h. O programa também já foi exibido com grande sucesso pelas emissoras a cabo TVC e TV Zoom, ambas de Nova Friburgo, e TV Mais de Bom Jardim.Clique no link abaixo e assista o vídeo do programa no You Tube: http://www.youtube.com/watch?v=s-xIFfu0wP4

Brasil está entre maiores da economia mundial, diz FMI

Para diretor-geral, papel brasileiro é mais importante que ampliar cotas destinadas ao país dentro do Fundo.

Da BBC Brasil em Washington - O diretor-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Dominique Strauss-Kahn, acredita que o Brasil caminha para ser ''um dos maiores nomes da economia mundial'', e que o papel brasileiro junto à comunidade internacional é mais importante do que o fato de o país ainda contar com uma representação dentro do Fundo aquém do peso de sua economia. Os comentários de Strauss-Kahn foram feitos neste domingo, durante a entrevista coletiva realizada por ele e o presidente do Banco Mundial (Bird), Robert Zoellick, para marcar o encerramento da reunião de primavera do Fundo e do Bird. ''O Brasil está se tornando um dos maiores nomes da economia mundial. E a importância do Brasil na cena internacional, o papel desempenhado pelo presidente (Luiz Inácio) Lula (da Silva), são o que fazem do Brasil mais importante do que o tamanho das cotas'', afirmou Strauss-Kahn. As cotas destinadas aos países que integram o fundo determinam o poder de voto de cada nação dentro do FMI. Inicialmente, as cotas visavam ser condizentes com o peso econômico de cada país, mas atualmente elas não refletem mais o crescente peso econômico das nações emergentes. No início deste ano, o tamanho da cota brasileira aumentou de 1,4% para 1,7%. ''Isso não mudou muita coisa'', reconheceu o diretor do Fundo. Mas acrescentou: ''Não estou dizendo que as mudanças de cotas não sejam importantes, porque a cota tem que estar alinhada com a realidade da vida econômica, mas China, Índia e Brasil não estão esperando por uma nova mudança de cotas para ser ouvidas dentro do FMI''.

BRICs

Entres demais países que constituem o chamado bloco dos BRICs (formado pelas iniciais de Brasil, Rússia, Índia e China), os russos contam com 2,7%; os chineses, com 3,7%; e a Índia, 1,9%. Em contrapartida, os Estados Unidos possuem 17,1% dos votos, e um país como a Suíça possui 1,6%. Nesta sexta-feira, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou, em Washington, que os BRICs concordaram que não fariam novos aportes financeiros ao FMI a não ser que o fundo ofereça instrumentos flexíveis que confiram maior poder aos emergentes. Entre as mudanças que Mantega disse ter surgido da negociação com os BRICs estava a de permitir que as nações que fizerem doações possam determinar que países ou regiões possam receber os novos empréstimos. Ampliação No sábado, o secretário do Tesouro americano, Timothy Geithner, disse que os Estados Unidos defendem a ampliação do papel dos emergentes dentro do FMI, através da revisão do sistema de cotas até 2011 - o mesmo prazo pretendido pelos BRICs. Mas, neste domingo, o ministro das Finanças da Rússia, Alexei Kudrin, disse, em Washington, durante a reunião do Fundo e o Bird, que os países ricos ainda resistem à ideia de ampliar a representação das economias ascendentes. ''Nós temos encontrado uma atitude fria e até de resistência. Os países que lideram não estão com pressa. Essa foi a principal discussão da reunião do FMI'', comentou Kudrin. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Delícias da Baiana tem novo site na internet

A conhecida Ângela Baiana (foto) e seus deliciosos quitutes, como pães, bolos, tortas, doces e salgados, principalmente os das linhas light, diet, sem glúten e sem lactose, especiais para pessoas em regimes de emagrecimento, como também para celíacos diabéticos e portadores de hipersensibilidade alimentar, já está com seu site/blog na internet. O novo endereço virtual da Baiana é http://www.deliciasdabaiana.blogspot.com/ e seu e-mail é angelabaiana@gmail.com.
Depois de concluir diversos cursos de panificação e confeitaria, ministrados na Padaria Escola de Nova Friburgo, Ângela Baiana especializou-se na linha de pães especiais para dietas diferenciadas, estando seus produtos expostos e à venda em locais como o Superpão, Plantar e Colher e Casarão de Minas, todos em Nova Friburgo.
Residente em Bom Jardim, Ângela também atende a todos com carinho em seu endereço físico, situado à Rua Graciano Cariello, 17 Fundos, Bairro Bem-te-vi. Seu telefone de contato é (22) 8816-5699.

domingo, 26 de abril de 2009

Site irreverente na internet faz gozação com Bom Jardim

A mania dos friburguenses de fazerem gozações com Bom Jardim, chamando a cidade de “bairro pobre de Friburgo”, “terra do chuchu”, “lugar onde o vento faz a curva”, “terra de índio” e outros apelidos pejorativos chegou também à internet. O site Desciclopédia (http://desciclopedia.org), uma cópia irreverente do famoso Wikipédia – e que não tem nada a ver com o secretário de Turismo Déscio Frerie – em verbete/tópico provavelmente postado por um gozador friburguense, trata assim o ao município (esperamos que os bom-jardinenses reajam a altura):

Bom Jardim (Rio de Janeiro)
Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.




FOTO: Centro cosmopolita de Bom Jardim, com suas edificações monstruosas.


PS: Ainda não identifiquei onde fica esse lugar da foto... Alguém pode me dizer?


Bom Jardim é o nome de um bairro de município vizinho a Nova Friburgo. É muito conhecido pela população friburguense devido ao seu zoológico, o maior da região, ganhando até da câmara dos vereadores, de ambos os municípios, em número de animais por metro quadrado. Mas Bom Jardim também é muito popular no Estado do Rio de Janeiro; se você perguntar a alguém se conhece "aquele lugar próximo a Nova Friburgo, com um zoológico" a qualquer fluminense, ele saberá na hora do que se trata.

Principais Atividades Econômicas

A principal atividade econômica do bairro município de Bom Jardim está toda concentrada na área do lazer. Nos fins de semana, os maiores empresários do lugar, ou seja, os pipoqueiros e os malabaristas de plantão, ficam à porta do zoológico esperando por turistas friburguenses ociosos que vão visitar o local pela quinquagésima nona vez naquele ano, devido à falta absoluta do que fazer em Friburgo.
Outra atividade econômica também bastante rentável em Bom Jardim é a colheta (sic) do dízimo, realizada pelo prefeito da cidade, já que o IPTU arrecadado (Imposto Territorial Urbano) e os padres são todos de Nova Friburgo, que nem sempre está disposta a ceder seus impostos e seus eclesiásticos a esse bairro município. O prefeito, também conhecido na cidade como "cacique", se justifica afirmando que, para crer que Bom Jardim existe, é necessária muita fé.

Saúde e Educação
 
A saúde em Bom Jardim é uma das poucas de primeiro mundo no país. As pessoas doentes têm que se deslocar apenas, muitas vezes, a áreas muito próximas do centro para serem tratadas, no hospital municipal da cidade (que fica em Friburgo), o Raul Sertã, sempre muito limpo e bem equipado. Algumas outras, que vivem em lugares onde o vento faz a curva, como o centro de Bom Jardim, podem optar pela Oca de Saúde mais próxima e esperar na fila pelo atendimento do Pajé.
A educação também não fica para trás. Desde cedo as crianças são instruídas no idioma tupi e, mais tarde, aos 18 anos, chegam até mesmo a conseguir fazer conta com números fracionários! Depois, esses orgulhosos filhos de Bom Jardim conseguem uma das tão sonhadas vagas em algum dos disputadíssimos cursos oferecidos por faculdades exigentíssimas como a Universidade Estácio de Sá.

População

• Em Fins de Semana: 100 pessoas.
• Em Meio de Semana: 10 pessoas.

OBS: na verdade, tal disparidade pode ser explicada por um motivo simples: no meio da semana, cidadãos bonjardinenses que não são inválidos aposentados estão em Nova Friburgo, trabalhando ou estudando.

Curiosidade

O relógio da principal igreja católica de Bom Jardim tem um "IIII" ao invés de "IV".

sábado, 25 de abril de 2009

Jornalista oferece-se para trabalhar como “free lancer"

Julio Cesar de Carvalho (Foto), jornalista profissional, atualmente residente em Bom Jardim (RJ), onde atua como Redator e Gerente Administrativo do Jornal Mais (www.jornalmaisbjnf.blogspot.com), oferece-se para trabalhar como free lancer (frila) em outros órgãos de imprensa da região e de outras cidades, onde possa ter seus trabalhos publicados.

EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL – Possui experiência de mais de mais de 30 anos atuando em órgãos de imprensa – jornais, revistas, house organs, assessoria de imprensa, rádio, televisão e internet – da região serrana fluminense. Possui registro como jornalista e repórter fotográfico no Ministério do Trabalho, sendo ainda membro do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio de Janeiro e da Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ).

COLABORAÇÃO EM JORNAIS – Começou a trabalhar na área jornalística no ano de 1975, inicialmente como colaborador do house organ O Marreta, do extinto grupo empresarial SCF (Sotec-Cadima-Frimeta), de Nova Friburgo (RJ). A partir de 1985, passou a colaborar com o Jornal Racional e O Plantão, ambos de Nova Iguaçu (RJ) e depois no Jornal da Serra (Nova Friburgo) e Manchetes, de Duas Barras (RJ). Depois, em 1990, colaborou no Jornal da Construção, Jornal de Conselheiro e Folhetim Municípios e Folhetão, todos de Nova Friburgo e Jornal de Bom Jardim (RJ).

PROJETOS PESSOAIS – Em 1991 iniciou uma série de projetos pessoais, tendo publicado os jornais Século 21, Roteiro Alternativo, Folha do Cêfel, Planeta Geário, Classishopping, Jornal da Cidade, Conselheiro Shopping News, City Shop, entre outros.

ASSESSORIA DE IMPRENSA – A partir de 1995 passou a atuar como Jornalista  e repórter fotográfico na Secretaria de Comunicação Social da Prefeitura de Nova Friburgo. Paralelamente, trabalhou também no jornal A Voz da Serra (Nova Friburgo) Colaborou ainda como free lancer para os jornais O Dia (Rio de Janeiro), além de ter suas matérias publicadas em jornais como Tribuna de Petrópolis (RJ), Top News (Teresópolis-RJ), O Fluminense (Niterói-RJ), Panorama (Nova Friburgo-RJ) Jornal da Região (Cantagalo-RJ) e Hora do Povo (São Paulo-SP).

REVISTAS – Colaborou com artigos para as revistas Expansão Municípios (Rio de Janeiro-RJ) e Click Fashion (Nova Friburgo-RJ).

RÁDIO E TV – Escreveu noticiários para o Informativo Municipal da Prefeitura de Nova Friburgo, para as rádios Sucesso FM, Caledônia FM e Friburgo AM. Participou ainda de entrevistas e programas nas rádios Alternativa FM e Racional FM (Bom Jardim) e Comunidade FM (Nova Friburgo) e colaborou com o informativo da TV Mais (Bom Jardim).

INTERNET – Como webdesigner, construiu diversos sites, como Brasil Net Models, Alto Astral Inn, The Relationship between Rational Culture and Ufology, etc. Atualmente, mantém o blog do Jornal Mais (www.jornalmaisbjnf.blogspot.com) e seu próprio blog (www.blogdokzar.com.br).

PROPOSTA DE TRABALHO – Oferece-se para trabalhar como free-lancer (frila), para jornais da região, do estado e de todo o Brasil, mediante pagamento por matéria, artigo, editorial ou crônica encomendada pelo editor ou através de envio espontâneo que seja aproveitado.

Os preços dos serviços cobrados por matéria ou lauda de computador, digitada no programa Word. Todo contato entre o jornalista e redação será feito por e-mail ou telefone. O envio de material poderá ser feito através de e-mail ou FTP. Em caso de saída para cobertura de eventos na mesma cidade, será solicitado adiantamento de 50% do serviço. Para eventos fora da cidade, será incluído ainda o valor de deslocamento, alimentação e hospedagem. Os valores correspondentes serão depositados na conta-poupança do repórter.

Antes de ser contratado como “frila”, o repórter poderá enviar sem compromisso, matérias esporádicas para avaliação, podendo as mesmas ser publicadas sem custo, a título de “colaboração”. Em caso de interesse de contratação dos serviços, o veículo de comunicação deve entrar em contato com o repórter, através do e-mail e telefone abaixo:

Julio Cesar de Carvalho – Jornalista e Repórter Fotográfico.

Registro no MTE nº 21974L128F036

Endereço Postal: Rua Graciano Cariello, 17 – Bem-te-vi

CEP 28660-000 Bom Jardim – RJ.

Telefones: (22) 9203-1798 / 8827-3673

E-mail: juliocesar.decarvalho@gmail.com,

Blog: www.blogdokzar.blogspot.com.

 

Profecia do indiano Rabindranath Tagore sobre brasileiro que trará a luz da verdade à Terra

            Tagore viajou o mundo dando palestras, tendo visitado mais do que 30 países nos cinco continentes. Em 1924, fez uma visita ao Peru , à convite do governo peruano . Na semana seguinte, fez uma visita à Buenos Aires, na Argentina. Um ex-aluno da Sociedade de Yoga Internacional N.D. colheu os dados da entrevista do mestre Tagore publicada pelo jornalista chileno Alaro Hinojosa quando da visita de Tagore à América do Sul.

            Disse Tagore: " Em minha curta viagem às Américas do Norte, Central e do Sul, pude notar os sintomas das centelhas de consciência, que anunciam a chegado do Homem Superior. Há de aparecer um Homem Superior que será o Denominador Comum desses povos e capaz de encarnar a idéia de Unidade Universal. A excelência de Sua Voz será ouvida dentro em pouco; o povo, os senhores do mundo, deverão saber reconhecer com o desenvolvimento dado por ELE de uma transcendental  Cultura de Origem.

            Temos o direito de esperar o fruto dessa colheita do Semeador. Será ELE o Messias, o Instrutor, o Homem Superior. Aquele que vai aparecer e ser seguido por todo o Mundo. É ELE a manifestação da Luz da Verdade na Terra e ..... tudo isso está relacionado com o atual movimento espiritual, principalmente na América Latina com o Foco no Brasil.

            ELE, o Homem Superior virá como o Verbo que é a Palavra, a Luz Divina, trazendo uma Nova Aurora para o mundo, e derramando sobre a humanidade regenerada e livre, novas diretrizes de novos valores, baseados em conhecimentos transcendentais. Haverá um Templo dedicado ao Pai Universal. Este Homem Superior e sua Silhueta Majestosa é do Supremo Instrutor do Mundo, para o concerto Universal.

            O Brasil será a capital espiritual do mundo, como o Berço da Nova Cultura brasileira, por ser o Centro Espiritual ligado com outros Mundos. Pois é no Brasil que se dará o evento de onde terá a origem a Luz Sublime da Verdade com a Nova Obra, que o Homem Superior oferecerá aos homens...".

   










        


Rabindranath Tagore (PRÊMIO NOBEL DE LITERATURA EM 1913) ao lado do renomado cientista Albert Einstein em 1930.

*******************************************************************************

            Tagore ficou mundialmente conhecido pela sua capacidade literária, pelo seu amor à música e por seu elevado humanismo expresso em sua visão filosófica religiosa. Nessa entrevista ao repórter chileno Tagore já anuncia com 11 anos de antecedência a Voz que se iria ouvir a partir de 1935 QUANDO O RACIONAL SUPERIOR: O SENHOR MANOEL JACINTHO COELHO começou a DITAR a OBRA UNIVERSO EM DESENCANTO, no Rio de Janeiro.

            Deixa claro também Tagore que A LUZ RACIONAL que o SENHOR MANOEL JACINTHO COELHO trouxe iria Iluminar a mente humana na sua "face oculta lunar": A SUA VERDADEIRA ORIGEM RACIONAL para finalmente livrar o homem dos medonhos ciclos de transformação e degeneração. Outro ponto importante é a menção  da CASA DOS 3 PODERES, um Marco Simbólico do MUNDO RACIONAL, a Nossa Verdadeira Origem RACIONAL a partir da UNIÃO dos 2 Mundos:  esse nosso de vida provisória e aparente, onde impera o sofrimento e a ausência do Saber Verdadeiro, com o 1º MUNDO: o MUNDO RACIONAL, onde a ETERNA ENERGIA RACIONAL faz o Seu REINO DE FELICIDADE RACIONAL.

            Isso mostra que as pessoas que tem a sua mente aberta aos movimentos da Natureza recebem a intuição cristalina da Evolução que a DIVINA PROVIDÊNCIA do SENHOR: O RACIONAL SUPERIOR realiza nesse mundo do encanto para levar de volta ao MUNDO RACIONAL essa humanidade que vivia prisioneira do encanto.

Texto extraído do site http://jarb3mjc.sites.uol.com.br.

Mais quatro bancos faliram nos EUA em apenas um dia

Falências de bancos chegam a 29 apenas nos quatro primeiros meses do ano e elevam para 54 o número de bancarrotas, somadas às 25 do ano passado

Quatro bancos faliram neste dia 24 de abril nos Estados Unidos, elevando a 29 o número de bancos fechados em 2009 no país e superando as 25 falências de instituições financeiras ocorridas no ano passado. Os bancos que entraram em falência possuíam poucas agências e tinham atuação somente local nos Estados de Califórnia, Geórgia, Idaho e Michigan. Os bancos foram o First Bank of Beverly Hills, em Calabasas, Califórnia; o First Bank of Idaho, em Ketchum; o American Southern Bank, de Kennesaw, Geórgia; e o Michigan Heritage Bank. As informações são da Dow Jones.
EXPLICAÇÃO RACIONAL - Segundo os estudantes da Cultura Racional do 3º Milênio, a cultura do desenvolvimento do Raciocínio, a derrocada da economia mundial, bem como o aumento da violência eo surgimento de novas doenças, estão relacionado a uma mudança de fase da natureza, ocorrida em 1935, quando mudou a fase do pensamento, para a fase do desenvolvimento do Raciocínio, através do estímulo da glândula pineal (epífise), localizada no istmo do mesencéfalo, na base do cérebro humano. Esta fase foi prevista há muitos séculos por sábios e profetas ligados à natureza, como Nostradamus, São João e Santa Odília e outros como Abdruschin, Rabindranath Tagore e Pietro Ubaldi. Para saber mais detalhes, leia os livros de Cultura Racional, intitulados "UNIVERSO EM DESENCANTO" (www.culturaracional.com.br).

México e EUA têm surto de gripe mortal

Por Alistair Bell e Noel Randewich

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - Uma gripe até agora desconhecida matou até 60 pessoas no México e também foi registrada nos Estados Unidos, onde oito pessoas foram contaminadas, mas se recuperaram, disseram autoridades sanitárias na sexta-feira. O governo mexicano informou que pelo menos 20 pessoas morreram por causa da doença na região central do país, inclusive na capital, e que o vírus pode ser responsável por mais 40 mortes ainda não esclarecidas. Ao todo, o país tem mais de mil casos suspeitos.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) disse que exames em 12 pacientes mexicanos demonstraram que o vírus é geneticamente igual ao de 8 pacientes na Califórnia e no Texas. Esse vírus, uma nova cepa da gripe suína, foi batizado de H1N1. "Nossa preocupação cresceu em relação a ontem", disse a jornalistas o diretor interino do Centro de Prevenção e Controle de Doenças (CDC) dos EUA, Richard Besser.

As autoridades globais consideram, no entanto, que não há motivo para declarar pandemia (epidemia global). "Até agora não houve nenhuma mudança no nível de ameaça pandêmica", disse Besser. Mas o fato de haver contágio direto entre humanos gera temores de um grave surto, e o governo mexicano cancelou as aulas para milhões de crianças na capital e arredores. Todos os grandes eventos públicos, como shows, foram suspensos na Cidade do México.

Uma análise mais atenta mostrou que a doença é uma mistura até então inédita de vírus suínos, humanos e aviários, segundo o CDC. A maioria dos mortos mexicanos tinha entre 25 e 45 anos, o que é preocupante, segundo uma autoridade local. A gripe comum (sazonal) costuma ser mais letal entre pessoas muito jovens e muito idosas, e a principal característica das pandemias é que elas afetam jovens adultos saudáveis.

O ministro da Saúde, José Angel Córdova, disse que o México tem um estoque suficiente de medicamentos antivirais para combater o surto por enquanto. A OMS disse que o vírus parece suscetível ao medicamento Tamiflu (oseltamivir), da Roche, mas não a drogas antigripe mais antigas, como o amantadine. "Nas últimas 20 horas, menos casos sérios da doença e menos mortes foram relatadas", disse Córdova a jornalistas. Humanos eventualmente contraem a gripe suína de porcos, mas é raro que haja transmissão entre pessoas.

TARDE DEMAIS

Besser disse que provavelmente é tarde demais para conter este surto. "Há coisas que vemos que sugerem que a contenção não é muito provável", disse ele. Uma vez que a doença se alastra para fora de uma área geográfica limitada, o controle fica muito difícil. Mas o CDC e a OMS disseram que não há razão para evitar viagens ao México, Califórnia e Texas. A gripe comum mata de 250 mil a 500 mil pessoas por ano em média, mas a temporada da gripe na América do Norte já deveria estar terminando.

O governo dos EUA diz estar acompanhando de perto os novos casos. "A Casa Branca está levando a situação a sério e monitorando eventuais novos fatos. O presidente (Barack Obama) tem sido totalmente informado", disse uma fonte do governo. As autoridades mexicanas alertaram as pessoas a não se cumprimentarem com beijos e apertos de mão, e a não compartilharem alimentos, copos e talheres. O vírus da gripe pode ser transmitido pelas mãos, e lavá-las com frequência é uma das formas mais eficazes de prevenir o contágio.

A epidemia assustou a população da Cidade do México, que tem 20 milhões de habitantes e é uma das maiores metrópoles mundiais. Uma farmácia esgotou seus estoques de máscaras cirúrgicas, depois de vender 300 em um só dia. "Estamos assustados porque dizem que não é exatamente uma gripe, é um outro tipo de vírus, e não estamos vacinados", disse a funcionária pública Angeles Rivera, que teve de retirar seu filho de uma creche que foi fechada.

Trata-se de um vírus do tipo influenza-A, batizado de H1N1. Ele contém DNA de vírus aviários, suínos e humanos, inclusive elementos de vírus suínos europeus e asiáticos, segundo o CDC, que já está preparando uma vacina. Os cientistas estão trabalhando para entender por que houve tantas mortes no México, enquanto as infecções nos EUA parecem menos malignas, segundo Besser.

O CDC promete divulgar boletins diários (em inglês) pelo site http://www.cdc.gov/flu/swine/investigation.htm. A última pandemia de gripe aconteceu em 1968, quando a gripe "Hong Kong" matou cerca de 1 milhão de pessoas no mundo todo.

(Reportagem adicional de Stephanie Nebehay em Genebra e Maggie Fox em Washington)

quarta-feira, 22 de abril de 2009

Entendendo o Brasil...

Infelizmente, os fatos citados abaixo acontecem com muita freqüência e muitas vezes,  entre pessoas conhecidas e até entre parceiros de trabalho. 

Numa tarde de sexta-feira, recebi um telefonema de um amigo me convidando
para ir a um churrasco na sua casa. Acontece que na naquela noite eu tinha
que dar aula na faculdade. O problema é que eu queria ir ao churrasco, mas
como? Bem, eu agi como, geralmente, todos nós agimos: fiz de conta que estava
cumprindo com a minha obrigação quando, na verdade, satisfiz o meu prazer. O
churrasco começava às oito da noite e a aula às sete e meia. Fui à
faculdade, registrei a aula, fiz a chamada e inventei uma aula de leitura na
biblioteca, abandonando a turma. Saí para o churrasco querendo acreditar que
cumprira meu dever de professor.

No churrasco, fiquei numa mesa com o dono da casa, que é médico, o amigo que
estava sendo homenageado, que é policial, um amigo do homenageado que é
advogado e político e a sua esposa que é universitária e estuda no período
da noite. O assunto era um só: a roubalheira dos nossos políticos e a passividade da sociedade (todos nós) mediante a podridão do episódio do mensalão. Todos
estávamos revoltados e propondo soluções para o melhor funcionamento da
máquina pública e para o resgate da ética entre a classe política.

Num dado momento, o telefone do dono da casa tocou e ele se afastou para
atender. Retornando, disse com raiva: "Não dá pra trabalhar com certas
pessoas". Naquela noite, ele estava de plantão no hospital, mas chegou lá cedo,
visitou alguns pacientes e leu "por cima", os prontuários. Depois foi para
casa e deixou como recomendação: "só me liguem em caso de extrema emergência ou se aparecerem pacientes particulares".

Estava aborrecido porque a enfermeira lhe telefonara só porque chegou um
sexagenário com suspeita de infarto. Ele "receitou" medicamentos pelo
telefone e disse que a enfermeira só devia ligar de novo se acontecesse algo
grave. Para aliviar o clima, perguntei ao amigo que estava sendo homenageado se já havia feito a sua mudança de casa. Ele respondeu que sim e, que isso não
tinha lhe custado nada, pois o dono da transportadora lhe havia retribuído "um favor": meses antes, ele tinha " resolvido" uns probleminhas de multas nos seus carros que poderiam lhe custar a habilitação e, até mesmo, a sua empresa!

Aí, a esposa do político liga para uma colega que também fazia mestrado para
saber se ela tinha respondido à chamada por ela enquanto ela estava no
churrasco, pois ela já estava "pendurada nas faltas" nessa disciplina e não
poderia ser reprovada. E, feliz, sorriu com a resposta da colega: dera tudo
certo. Em um outro momento, o anfitrião pergunta ao político como iria ficar o caso
de uma certa pessoa. E ele respondeu que tudo estava indo bem, o problema
era que na secretaria almejada já havia alguém concursado ocupando o cargo
que tal pessoa pleiteava. Mas que ele não se preocupasse, pois estavam
estudando uma medida legal (?) para transferir o "dito cujo" de função ou de
setor para a vaga "do fulano" ser ocupada por ele. "Ele é um que não pode
ficar de fora, pois foi comprometido com a gente até o fim", finalizou.

Em meio a tudo isso, não deixávamos de falar das CPI's, da corrupção dos
políticos e da cumplicidade da sociedade que, apática, não movia uma palha
para mudar nada. Chegando em casa fui pensar naquela noite e em tudo o que havia presenciado. De repente, me lembrei do escritor baiano João Ubaldo Ribeiro, que diz: "nós vivemos num ambiente de lassitude moral que se estende a todas as camadas da sociedade e que esse negócio de dizer que as elites são corruptas mas que o povo é honesto é conversa fiada. Nós somos um povo de comportamento desonesto de maneira geral, ou pelo menos um comportamento pouco recomendável".

O melhor era que eu não precisava fazer qualquer pesquisa para concordar
como escritor. A sua afirmação estava magistralmente retratada no meu
comportamento e no comportamento dos meus amigos naquela noite e naquele
churrasco que eu havia freqüentado. Para começar, eu, como professor, roubei o povo ao fingir que estava dando aula. E estou surrupiando (roubando) a sociedade quando marco os tão conhecidos seminários só para não dar aulas, com a mentira disfarçada de que os alunos precisam treinar a arte de expressar bem as suas idéias. Isso pelo fato dessa afirmação não ser verdade, mas parte de uma verdade maior.

É lógico que os alunos precisam treinar a arte de bem expressar as suas idéias, mas só depois de serem conduzidos pelo professor que, por sinal, é pago para fazer isso. A verdade inteira é que, quase sempre por motivos pessoais, o professor acaba transformando o que seria uma, de várias técnicas de ensino, em sua prática regular de ensino e o resultado é uma enorme massa de estudantes "transfigurados", da noite para o dia, em professores dos professores que deviam ensinar, mas não ensinam.

E o que dizer do dono da festa, o médico que estava "tirando plantão" e que,
ganhando o seu salário, reclamou de ser incomodado, apenas porque um senhor
de idade estava com suspeita de infarto? Somos tão convictos de que somos bons, que o médico chegou a dizer que, se ao menos o ancião tivesse sido diagnosticado por um profissional, então ele se sentiria na obrigação de ir atendê-lo. Ele só esqueceu de um detalhe: se o plantonista do hospital que, por sinal
era ele, estivesse cumprindo o seu plantão, o senhor de 64 anos de idade,
casado, pai de seis filhos, aposentado e que trabalhava desde os doze anos
de idade e contribuía com a previdência há trinta, talvez tivesse sido atendido por um profissional e não tivesse sofrido um derrame cerebral.

É interessante vermos, também, o caso da universitária, a defensora dos valores morais. E, aqui eu pergunto: que valores seriam esses? O famoso jeitinho brasileiro que, não custa lembrar, só virou instituição nacional, porque nós lhe damos vida com as nossas atitudes! Acredito que, mais uma vez, o Brasil passa por uma oportunidade de ouro para rever-se como país e sair crescido e melhorado de toda essa crise. O grande problema está nas pessoas. Em mim, em você, nas nossas famílias, colegas, amigos e inimigos, parentes e aderentes. Se quisermos realmente uma nação melhor temos que assumir que nós também somos recebedores do mensalão e que, portanto, cada um de nós também é merecedor de sentar nas cadeiras da CPI.

Recebemos o mensalão quando fazemos coisas como as descritas acima, e também quando copiamos ou compramos CD's piratas, quando pagamos propinas ao guarda de trânsito para ele não nos aplicar multa, enfim, todos nós, cada um a seu modo e com o seu preço, também é culpado, pessoalmente, por tudo isso que
está acontecendo no nosso país. É bom não esquecer que nossos políticos não vieram de Marte, mas do nosso meio, corrompidos por nós, corruptos e corruptores. O real motivo para a sociedade assistir apática a toda essa decadência não é apatia, mas cumplicidade.

Pedro Paulo Rodrigues Cardoso de Melo (Psicólogo Clínico, Psicopedagogo e
Professor Universitário de Psicologia e Sociologia).

Divulgando a Cultura Racional em inglês e outros idiomas

Como estudante de Cultura Racional, tenho divulgado através desta grande ferramenta que é a internet, com a qual podemos falar com todo o Brasil e também com todos os países do mundo. Freqüentemente, entro em sites de busca, como o Google e o Yahoo, onde dígito as palavras-chaves “Cultura Racional” e “Universo em Desencanto”. Desta forma, posso encontrar os sites feitos por estudantes como eu e também ficar sabendo o que estão falando do livro Universo em Desencanto e da Cultura Racional, de bom e de ruim. É claro que falam muita besteira, principalmente, os leigos que não se aprofundam no conhecimento, para depois poderem falar com base e com lógica. Mas, isto faz parte da ignorância humana, de querer rotular e emitir opinião sobre aquilo que não conhece bem e, por isso, é perfeitamente perdoável.

Porém, como também gosto de saber o que estão falando da Cultura Racional fora do nosso país, entro nos sites de busca em inglês, onde digito “Rational Culture” e “Universe in Disenchantment”. Também desta forma tenho encontrado muitos sites feitos por estudantes brasileiros, que se aventuram a escrever em inglês, sem contudo, terem o conhecimento básico do idioma. Procedendo assim, também incorrem no mesmo erro daqueles que falam da Cultura Racional sem conhecer, pois acabam passando para si mesmos atestados de “um completo analfabeto do idioma inglês”.

Senão, vejamos um comentário postado no site americano Portal Of Evil (Portal do Mal) - www.portalofevil.com:

Rational Culture: Universe in Disenchantment – The home page of a Brazilian UFO cult. The broken English does not help in trying to decipher what they're trying to say, but it has something to do with the RATIONAL SUPERIOR, an E.T. who will help us stop violence and disease on Earth”.

TRADUÇÃO – “Cultura Racional: Universo em Desencanto – A home page de um culto brasileiro aos OVNIs. O inglês “ruim” (broken english) não ajuda ao tentar decifrar o que eles estão querendo dizer, mas tem alguma coisa a ver com o RACIONAL SUPERIOR, um extraterreno que nos ajudará a parar com a violência e o mal na Terra”.

Este fato ocorre, porque alguns estudantes webdesigners, na ânsia de colocar o site em outros idiomas que não dominam bem, usam softwares tradutores, como o conhecido Globalink Power Translator. Este é sem dúvida, um programinha muito bom, mas que não é “inteligente”, ou seja, para citar apenas um exemplo, a palavra “desencanto”, ele entende como a primeira pessoa singular do presente do indicativo do verbo “desencantar” e não o substantivo masculino sinônimo de “desencantamento”, que significa “ato ou efeito de desencantar”.

Assim, ao traduzir “Universo em Desencanto”, o Power Translator verterá para o inglês como “Universe in I Disenchant”. Um cidadão americano ou inglês, ao ler isso, estará lendo “Universo em EU DESENCANTO (!?)...”. A tradução correta é “Universe in Disenchantment”. Fora esse, tem muitos erros de tradução em dezenas de sites de divulgação da Cultura Racional na internet!

Portanto, meus irmãos, eu sugiro que procuremos corrigir o mais breve possível esses erros e a partir daí, tomar muito cuidado com o que divulgamos na internet, principalmente com a Cultura Racional, que é “do Brasil para o resto do mundo”. E o resto do mundo, em sua grande parte, fala ou entende inglês. Então, nós é que precisamos tomar cuidado com o que estamos divulgando para o mundo inteiro ver.

Espero com isso ter dado a minha modesta contribuição para aprimorarmos a nossa comunicação com outros povos, principalmente, os de língua inglesa. No que precisarem de minha ajuda, podem contar comigo.

Julio Cesar de Carvalho (Jornalista e estudante da Cultura Racional desde 1982).

 

 

CODEX ALIMENTARIUS – O INIMIGO INVISIVEL ou AS CIÊNCIAS CEGAS POR UMA SÓ CIÊNCIA

        Quem já ouviu falar do Codex Alimentarius levante a mão!! Provavelmente muitos poucos erguerão seus braços para contestar a nova legislação alimentar global que passará a valer oficial e plenamente a partir de 31 de dezembro de 2009. Infelizmente nenhum meio de comunicação está ciente – ou não quer que o povo esteja ciente – deste novo corpo de regras e legislações que definirá de uma vez por todas de que lado samba a elite da elite do planeta. Querem normatizar e regular os transgênicos, irradiação de alimentos, hormônios de crescimento animal, e pior ainda, fixarem limites para determinadas vitaminas e minerais, e impor regras e restrições aos praticantes de medicina natural. Nos EUA, o FDA (Food and Drug Administration) já "caçou" alguns ativistas da medicina alternativa e natural. 

        Para compreender plenamente o assunto CODEX ALIMENTARIUS, você deve saber algo sobre CORPORAÇÕES MULTINACIONAIS (Monsanto, Bayer, Basf, Nestlé, Syngenta, Shell, Dupont...), ORGANISMOS INTERNACIONAIS (ONU, OMC, OIT, FAO, OMS...), ORGÃOS PÚBLICOS (Anvisa, Ministério Agricultura, Inmetro, CntBIO...), ASSOCIAÇÕES DUVIDOSAS DA SOCIEDADE CIVIL (ongs criadas por empresas privadas para se apropriar do discurso ambiental... um exemplo: A Associação Nacional de Defesa Vegetal (www.andef.com.br), CRISE MUNDIAL DOS ALIMENTOS (transgênicos, biocombustíveis...), SOBERANIA e SEGURANÇA ALIMENTAR (procurem a diferença...), AGROBUSINESSCIENTIFICISMO e TECNOCRACIA...

CONHECE O CODEX ALIMENTARIUS? INFORME-SE! SUA SAÚDE ESTÁ EM JOGO! Procure “nutricídio” no googlevideo ou veja o vídeo em
http://video.google.com/videoplay?docid=4180896617458159116&hl=pt-BR.
SAIBA MAIS EM: www.pensarecomer.blogspot.com.
PESQUISE: www.codexalimentarius.net.
Pesquise "codex alimentarius" e entre nos sites federais, nas agências internacionais, nos sites de agrobusiness, a todos que interessam estas informações circulam, menos para a população em geral.

AS GARÇAS BRANCAS

As garças brancas do mar, não tardam a chegar, anunciando riquezas, fortuna e bem-estar para todos que navegam com o leme real, que é o leme Racional, brilhando cada vez mais, multiplicando o brilho com os gorjeios desta maré, que enche sempre para conservar todos de pé.

Gritos de alegrias, gritos de satisfações, hão de murmurar consigo mesmo e dizerem: “– Até que chegou o dia da satisfação de todos”.

Portanto, EU, o RACIONAL SUPERIOR, brilhando sempre as garantias do triunfo Racional, e provando com o decorrer dos dias, tudo o que EU falo, tudo o que EU prometo, todas essas mensagens para o bem de todos e da coletividade em geral. Muitos querem e na têm, por não conhecerem o RACIONAL SUPERIOR, mas terão, com o conhecimento universal, que é o Livro que todos esperavam, UNIVERSO EM DESENCANTO. Portanto, sejam persistentes para o bem de si mesmos.

Quando a IMUNIZAÇÃO RACIONAL dominar todos, quando estiverem por conta da IMUNIZAÇÃO RACIONAL, então sim, viverão todos para o bem, todos se compreendendo. A felicidade será geral, universalmente.

Aqui, todas as horas e todos os momentos são Racionais. O que é Racional é puro, é limpo, é perfeito em tudo. Portanto, quando as coisas assim são, a tranqüilidade deve ser reinante no coração de todo bom correligionário. O RACIONAL SUPERIOR derramando sempre o bálsamo da verdade das verdades, do bem-estar dos obedientes, pureza, riqueza e grandeza angelical, brilho de honra do pedestal Racional, da autêntica base suprema a tudo e a todos, que é a base Racional, de onde todos vieram e para onde todos irão.

CULTURA RACIONAL – UNIVERSO EM DESENCANTO – 1º VOLUME – RACIONAL SUPERIOR.

 

segunda-feira, 20 de abril de 2009

A separação dos pais: a reação dos filhos pequenos

Por Ana Maria Rico - Psicóloga

Muito antes de ocorrer a separação física dos pais, ocorre a separação emocional que, em muitos casos, leva a desentendimentos, desencontros, quando não, às agressões físicas e à violência psicológica.

A criança que presencia estas cenas sofre muito, pois trata-se das pessoas que mais ama e necessita. Até mesmo bebês muito novos, embora não tendo compreensão da situação, conseguem captar a tensão do ambiente familiar e "saber" que algo está muito errado, expressando seus sentimentos através do choro e agitação, inclusive com alteração dos batimentos cardíacos e aumento da pressão arterial.

Em todos os casos, mesmo percebendo a infelicidade dos pais, a separação é sempre um impacto muito doloroso e profundo, que deixa marcas.

As crianças em idade pré-escolar parecem ser as mais atingidas aos efeitos negativos da separação, porque seu desenvolvimento cognitivo ainda não lhes permite compreender o que está acontecendo.

Assim, bebês até dois anos podem desenvolver atitudes mais medrosas e certa regressão, enquanto crianças de quatro e cinco anos podem fantasiar a separação como temporária, tal e qual quando brigam com seus amiguinhos e depois fazem as pazes. Mas, a criança de cinco e seis anos, tende a se sentir culpada, como se tivesse feito ou pensado algo muito errado e por isso os pais brigaram e vão se separar. Desenvolve, então, um sentimento de responsabilidade pela reconciliação dos pais, muitas vezes apresentando atitudes de autopunição, como se merecesse sofrer por ter falhado.

A criança em idade escolar tem compreensão melhor dos problemas paternos e das razões para a separação, embora muitas vezes sinta-se abandonada e com raiva deles. Em muitos casos, o rendimento escolar é prejudicado e surgem problemas de comportamento em casa e na escola, torna-se impulsiva, desrespeitando as regras familiares, ao mesmo tempo que demonstra maior dependência e ansiedade.

Os conflitos conjugais e a separação colocam os pais num tal estado de preocupação e perturbação, que fica difícil dar assistência emocional aos filhos, agravando ainda mais o desespero, a angústia e a insegurança deles.

O primeiro ano após a separação é o mais devastador e crucial para todos. Seja qual for a figura parental que obteve a custódia dos filhos, os problemas se acirram com muita intensidade até aproximadamente o segundo ano quando, então, podem começar a declinar.

É que com a separação, os pais encontram novos problemas e dificuldades ante a administração e adaptação da nova vida. Geralmente decai o orçamento doméstico o que acarreta mais mudanças significativas em todo o contexto familiar, intensificando a frustração, mágoa e raiva. O filho sente falta da presença da figura parental ausente, enquanto aquele que ficou com a custódia tende a ser mais frio e insensível com a criança, por vezes não impondo limites em seu comportamento ou, ao contrário, castigando-a por qualquer motivo pela dificuldade de se comunicar com ela e lhe dar apoio.

De um modo geral, as crianças podem ficar deprimidas, tristes, desobedientes, apresentar comportamentos mais agressivos e rebeldes, insônia, pesadelos, alterações do apetite, dificuldade de concentração e perda do interesse pela vida social.

·                         "O casamento é como uma longa viagem em um pequeno barco a remo: se um passageiro começar a balançar o barco, o outro terá que estabilizá-lo; caso contrário, os dois afundarão juntos". (David Reuben).

 

O AMOR...

"Nunca discuta, não convencerá ninguém. As opiniões são como os pregos; quanto mais se martelam, mais se enterram". Alexandre Dumas (filho)

O AMOR
Artur da Távola


O amor é único, como qualquer sentimento, seja ele destinado a familiares, ao cônjuge ou a Deus. A diferença é que, como entre marido e mulher não há laços de sangue, a sedução tem que ser ininterrupta. Por não haver nenhuma garantia de durabilidade, qualquer alteração no tom de voz nos fragiliza, e de cobrança em cobrança acabamos por sepultar uma relação que poderia ser eterna.

O sucesso de um casamento exige mais do que declarações românticas! Entre duas pessoas que resolvem dividir o mesmo teto, tem que haver muito mais do que amor, e às vezes nem necessita de um amor tão intenso. É preciso que haja, antes de mais nada, respeito. Agressões zero. Disposição para ouvir argumentos alheios. Alguma paciência. Amor, só, não basta. Não pode haver competição. Nem comparações. Tem que ter jogo de cintura para acatar regras que não foram previamente combinadas. Tem que haver bom humor para enfrentar imprevistos, acessos de carência, infantilidades. Tem que saber levar.

Amar, só, é pouco. Tem que haver inteligência. Um cérebro programado para enfrentar tensões pré-menstruais, rejeições, demissões inesperadas, contas prá pagar. Tem que ter disciplina para educar filhos, dar exemplo, não gritar. Tem que ter um bom psiquiatra. Não adianta, apenas, amar.

Entre casais que se unem visando à longevidade do matrimônio tem que haver um pouco de silêncio, amigos de infância, vida própria, um tempo prá cada um. Tem que haver confiança. Uma certa camaradagem, às vezes fingir que não viu, fazer de conta que não escutou. É preciso entender que união não significa, necessariamente, fusão. E que amar, "solamente", não basta.

Entre homens e mulheres que acham que o amor é só poesia, tem que haver discernimento, pé no chão, racionalidade. Tem que saber que o amor pode ser bom, pode durar para sempre, mas que sozinho não dá conta do recado. O amor é grande mas não é dois. É preciso convocar uma turma de sentimentos para amparar esse amor que carrega o ônus da onipotência. O amor até pode nos bastar, mas ele próprio não se basta.

Um bom Amor aos que já têm! Um bom encontro aos que procuram! E felicidades a todos nós!

"Os filhos de pais que se amam aprendem a não temer a vida". (Karen Blixen).

A Causa da Violência é a paralisação do pensamento


A causa da desregulagem de tudo, a causa do desequilíbrio de tudo, é por ter terminado a fase do pensamento. Porque sabem perfeitamente que não há efeito sem causa. A causa desse grande desequilíbrio mundial é o término do pensamento.

E para que encontrem o equilíbrio de tudo, têm que conhecer a natureza e a fase natural da natureza, que é a FASE RACIONAL, a fase do raciocínio.

O pensamento parou de funcionar, porque terminou a sua fase; pararam as mentes, parou a regulagem e ficaram desregulados e depois de desregulados, a violência.

A causa da violência é a paralisação do pensamento, por a fase do pensamento ter terminado.

Enquanto o pensamento estava em vigor, dentro de sua fase, todos mais ou menos regulados. Depois que a fase terminou, todos completamente desregulados, porque na matéria tudo é assim: tudo que tem princípio tem fim.

E para haver a normalização e o equilíbrio de todos e de tudo, tem que conhecer a fase natural da natureza, que está em vigor, a FASE RACIONAL.

Terminou a missão do pensamento, nascendo na natureza, por circunstâncias naturais de sua evolução, a FASE RACIONAL.

Para da FASE RACIONAL haver a mudança de todos para o seu verdadeiro mundo, o MUNDO RACIONAL.

E por isso, o MUNDO RACIONAL é o mundo do raciocínio, o mundo do raciocínio é o MUNDO RACIONAL.

Terminou a fase do pensamento, daí gerou a violência.

A violência foi gerada mundialmente, por ter terminado a fase do pensamento.

O pensamento parou e gerou a violência.

Se o pensamento estivesse em função, o equilíbrio seria mais ou menos, como sempre foi antes da mudança de fase que foi em 1935.

De 35 para trás, o pensamento funcionava; então o equilíbrio era mais ou menos, todos mais ou menos equilibrados, havia respeito a tudo e a todos e o amor ao próximo.

De 1935 para cá o mundo entrou em convulsões. Convulsionou tudo de uma maneira assombrosa, como todos estão assombrados com os acontecimentos no mundo inteiro.

E a causa de tudo isto: o término da função do pensamento. Porque tudo na matéria é assim, o pensamento teve o seu princípio e teve que chegar o seu fim, como tudo na matéria é assim, tem princípio e tem fim.

Todos, para encontrar o equilíbrio, tem que se unir à natureza, à fase da natureza, à FASE RACIONAL, para o desenvolvimento do raciocínio, e tudo e todos ficarem equilibrados racionalmente.

E para o desenvolvimento do raciocínio é somente ler e reler a cultura dele, a CULTURA RACIONAL.

A cultura do raciocínio é a CULTURA RACIONAL.

De forma que a causa de todos os males universalmente, é o término da fase do pensamento.

Terminou a fase do pensamento. O pensamento paralisou. E o pensamento paralisado é a causa do desequilíbrio, é a causa de existir a violência que vem assombrando todos e apavorando todos nos últimos tempos, cada vez mais.

Tudo por que? Por ter terminado a fase do pensamento em 1935, passando o mundo por horas horríveis e terríveis, por momentos difíceis, por desconhecer a fase de recuperação, a FASE RACIONAL.

E assim, está aí como recuperar o equilíbrio perdido: o desenvolvimento do raciocínio.

Tudo chegando a seu tempo e à sua hora marcada.

Está aí a causa da violência e de tudo que está se passando e como endireitar todos e tudo, recuperando pela cultura da fase que está em vigor, a FASE RACIONAL.

Tudo isto, por desconhecerem as mudanças de fase da natureza.

Terminou a fase de animal Racional, que era a fase do pensamento e entrou a FASE RACIONAL, que é a natural da natureza.

E de forma que ninguém é culpado de tudo isto que está se passando no mundo e sim, a mudança de fase da natureza, desconhecida da humanidade, até que conheça, para recuperar o equilíbrio perdido.

 

Final suspeita da Taça Rio revolta torcedor botafoguense

Forçar a decisão do Carioca, com mais dois jogos de Maracanã lotado, foi ou não foi um grande negócio?

Por Cesar Carvalho 

A impressionante apatia com que o Botafogo disputou a final da Taça Rio com o Flamengo deixou a grande maioria dos torcedores alvinegros revoltada com o “cheiro de armação” no ar. O time de Ney Franco entrou em campo totalmente desmotivado, nem parecia que estava disputando uma decisão. Nem parecia que no domingo anterior tinha goleado o Vasco por 4 a 0 na semifinal. O time limitou-se a se defender, deixando o Flamengo tomar todas as ações da partida, num domínio de mais de 60%! Isso numa final entre dois times grandes é incabível! O Botafogo apequenou-se e acovardou-se diante de sua imensa torcida e de um rival visivelmente fraco, que atacava sem nenhuma criatividade. Com certeza, o Botafogo poderia vencer facilmente o Flamengo, se entrasse em campo com outra mentalidade. A de ganhar também a Taça Rio e acabar de vez com essa história, conquistando duas taças num só jogo, dois coelhos numa só cajadada!

Mas não! O que ocorreu durante os 90 minutos da partida só fez confirmar as desconfianças do torcedor alvinegro. Ainda mais depois que boatos surgidos no sábado, véspera do jogo, deram conta de que os presidentes de Botafogo e Flamengo teriam sido vistos almoçando juntos em uma churrascaria. O que será que eles poderiam ter conversado? O cheiro de armação que começou no início da semana, tão logo foram definidos os finalistas da Taça Rio, aumentpu a partir deste boato. Muitos torcedores botafoguenses foram ao estádio para conferir, enquanto outros se sentaram em frente à televisão para ver o que ia acontecer. A suspensão pelo Tribunal da Federação, de dois jogadores do Botafogo – Juninho e Alessandro (depois adiada) e a escalação do árbitro Luiz Antonio, o Índio, para apitar a final da Taça Rio já eram fortes indícios de uma possível “armação”.

A torcida do Botafogo ficou apreensiva, pois sentiu que havia sido dado o recado. TINHA QUE TER FINAL, A PODEROSA REDE GLOBO QUERIA! Há muito dinheiro em jogo. No jogo de domingo, Maracanã lotado com quase 80 mil pagantes, a renda chegou perto de R$ 1,5 milhão! Mas, se na cabeça do torcedor botafoguense, o negócio era liquidar a fatura ganhando logo a Taça Rio e ser campeão direto – já que o alvinegro venceu o primeiro turno, a Taça Guanabara – na cabeça dos dirigentes dos clubes, da federação e da poderosa Globo, por que se contentar com R$ 1,5 milhão, podendo faturar quase R$ 5 milhões?! Isso só em renda, sem contar as verbas de publicidade e do direito de transmissão das partidas.

Entretanto, as más línguas diziam que os dirigentes dos dois clubes também poderiam estar envolvidos na tramóia. Afinal, o que está em jogo não é um simples troféu ou título de campeão, que depois ficam esquecidos em um canto. São milhões de reais, que ninguém é besta de dispensar assim. As suspeitas começaram a se confirmar quando começou o jogo. O Botafogo todo recuado, limitava-se a defender e a dar chutões para a frente. Reinaldo foi uma figura apagada durante todo o jogo. Vitor Simões viva tropeçando na bola e nas próprias pernas. A defesa alvinegra cometeu uma enorme quantidade de faltas na entrada da área, dando chances e mais chances ao Flamengo de marcar. Mas a pontaria do time rubro-negro estava muito ruim. Teve uma hora que eram 17 faltas do Botafogo e apenas cinco do Flamengo. Isso sem falar nos escanteios. O time da Gávea cobrou dezenas deles contra a meta de Renan, enquanto o Botafogo teve apenas dois durante todo o jogo.

E aí, como o Flamengo não marcava, um jogador alvinegro precisou fazer o que os rubro-negros não faziam e chutou contra a própria meta. Deliberadamente, marcou um gol contra. Que infelicidade! O Flamengo foi campeão com um gol contra, pois lhe faltou competência para vencer um adversário totalmente apático e entregue. Enquanto isso, nós torcedores ficamos aqui torcendo, que nem bobocas, enquanto “eles” enchem os bolsos com (nosso) dinheiro. Diz o ditado que “tudo acontece com o Botafogo”. Para o time alvinegro, tudo sempre foi mais difícil. Os erros da arbitragem sempre prejudicam o Botafogo em finais, principalmente, contra o Flamengo e o Corinthians – times de grande torcida. Mas desta vez a arbitragem parece que não teve participação. A não ser pelo fato de o juiz ter evitado dar cartão amarelo aos zagueiros alvinegros, apesar do grande número de faltas cometidas por eles, próximo à área. Será que combinaram isso com ele também?

E agora, vem aí a decisão em dois jogos do campeonato carioca. Não sabemos qual vai ser o comportamento do Botafogo nessas partidas. Será que agora vão resolver jogar? Sei, não! Se o Botafogo entregou o jogo domingo, pensando nos milhões, correu um grande risco. E agora tudo pode acontecer, principalmente, “garfarem” o alvinegro novamente. A torcida, embora revoltada, com certeza vai estar presente, embora alguns torcedores tenham dito que, em represália, vão boicotar a decisão. Mas muitos já avisaram que vão ao Maracanã só para protestar. Uns vão usar o costumeiro “nariz de palhaço”. Outros assistirão aos jogos “de costas para o campo”. Também haverá aqueles que irão pendurar faixas de cabeça para baixo, jogar moedas nos jogadores, chamá-los de mercenários, coisas do gênero. Nada disso vai adiantar, só vai botar mais lenha na fogueira e o homem, ambicioso como sempre, continuará a pensar só em dinheiro...

sábado, 18 de abril de 2009

Últimos eclipses vistos no Brasil


ECLIPSE LUNAR – O último eclipse total da lua avistado no Brasil ocorreu no dia 20 de fevereiro de 2008 e pôde ser visto em todo país. Foi o último fenômeno do gênero a ser observado até então, pois o próximo só deve ocorrer em 25 de maio de 2013, mesmo assim, de forma parcial. Um Eclipse lunar ocorre quando a Lua penetra totalmente ou parcialmente o cone de sombra projetado pela Terra, em geral sendo visível a olho nu. Isto ocorre sempre que o Sol, a Terra e a Lua se encontram próximos ou em perfeito alinhamento, estando a Terra no meio destes outros dois corpos. O eclipse  (fase penumbral) teve início às 21h35min do dia 20 e só foi terminar às 03h17min do dia 21. A sua totalidade ocorreu da meia-noite do dia 20 até 00h52min do dia 21.

No Estado do Rio de Janeiro, a ocorrência de muitas nuvens nesse dia ofuscou o eclipse lunar, prejudicando sua total observação. Mas, na capital do estado, o tão aguardado eclipse total da Lua acabou atraindo muita gente ao locais de observação e nem mesmo o tempo parcialmente nublado na noite de quarta-feira (20) tirou a animação dos cariocas que visitaram o Museu de Astronomia e Ciências Afins (Mast), em São Cristóvão, na Zona Norte da cidade. Com uma programação variada, o Mast preparou um evento especial para festejar o primeiro fenômeno lunar de 2008. Mesmo sem poder admirar a Lua coberta pela sombra da Terra, cerca de 200 visitantes acompanharam palestras, exibição de vídeos, show de música e a observação de estrelas e planetas através do telescópio.

O evento começou por volta das 17h30 e muita gente ainda pôde admirar a Lua antes do eclipse, quando o céu ainda estava limpo. A balconista Cláudia Lemos, de 40 anos, o marido, Renato, de 40, e a filha, Lorena, de 5 anos, apreciaram juntos a noite carioca. Para Cláudia, essa foi uma grande oportunidade para conhecer e aprender sobre o universo. “Nós recebemos um convite para estar aqui e vivenciar este momento único em nossas vidas. Antes das nuvens, pudemos ver Saturno, as estrelas e a Lua, com a sua face exuberante. É a sensação de saber que Deus existe”, disse a mãe emocionada.

Planetas e galáxias chamaram a atenção das crianças no evento – De acordo com os organizadores, o evento visava proporcionar ao público a oportunidade de admirar o eclipse total, u, fenômeno natural que, em condições iguais, só deve acontecer novamente em abril de 2015.  “A idéia era aproveitar esse dia para atrair pessoas e divulgar a astronomia. É uma boa oportunidade para o visitante associar um aprendizado com o entretenimento”, declarou Douglas Falcão, coordenador de educação e ciência do Mast.

Viagem pelo espaço – Na parte externa do museu, o público presente ainda teve a oportunidade de ver e conhecer galáxias, estrelas e fenômenos estudados pela astronomia. Um funcionário especializado conduziu os visitantes entre os grandes telescópios e esclareceu dúvidas. “É sempre bonito ver as galáxias e os planetas de perto. Aprendi muito com as palestras e estava muito ansiosa para participar das oficinas. A parte que eu mais gostei foi de admirar a Lua através do telescópio. Foi fascinante”, contou a funcionária pública Viviane Mota, de 29 anos.

O eclipse da Lua pôde ser observado de todo o território nacional e começou às 21h35 (horário de Brasília). Sua fase total ocorreu no primeiro minuto da quinta-feira (21), às 00h01. A observação do céu no Mast acontece semanalmente, mas para a noite do eclipse foram preparadas atividades especiais. Uma delas foi a oficina “Eclipse em Dobradura”, que explicou o fenômeno através de dobras em papéis.

Eclipses lunares deste ano – Segundo especialistas, no dia 16 de agosto, haverá um outro eclipse lunar visível de boa parte do Brasil, mas o fenômeno será apenas parcial. Dos quatro eclipses que ocorrerão em 2009, nenhum será favorável ao país.

ECLIPSE SOLAR – O último eclipse solar visto no Brasil aconteceu numa terça-feira, dia 11 de setembro de 2007, quando grande parte da América do Sul pôde acompanhar o segundo eclipse solar parcial do ano. No Brasil, o fenômeno só não foi visível em parte das regiões Norte e Nordeste. Conforme observou o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), o eclipse teve início por volta das 7h36min e atingiu seu ponto máximo às 8h45 (horário de Brasília), dependendo da região.

Em São Paulo, o fenômeno começou por volta das 7h39min, atingindo seu máximo às 8h35min, com 17,2% da área total do Sol encoberta pela Lua. No Rio de Janeiro, o fenômeno começou às 7h43min e levou 54 minutos para atingir o seu ponto máximo. Na capital fluminense a área do Sol encoberta foi menor, de 13, 5%. Porto Alegre, no Rio Grande do sul foi a capital brasileira mais privilegiada, com 29,9% do astro encoberto por volta das 8h45min.

Ocorrências – Eclipses solares acontecem cerca de duas vezes por ano e geralmente não podem ser observados por pessoas em todos os lugares da Terra. Os eclipses do Sol ocorrem quando a Lua (na fase nova) se coloca entre o Sol e a Terra, projetando sua sombra na superfície terrestre. O fenômeno pode ser parcial ou total. No território brasileiro, somente após 2020 teremos três eclipses anulares do sol (a Lua não cobre todo o Sol ficando um anel de luz sobrando ao redor da Lua).

Cuidados – Para observar o eclipse solar, é importante lembrar de não olhar diretamente para o Sol sem uma proteção adequada para os olhos. O fenômeno pode ser observado com segurança com filtros especializados ou óculos de soldador. Segundo o Inpe, filmes totalmente velados de raio-x, negativos totalmente velados, pedaços de insul-filme, vidros bem escurecidos, ou todo material translúcido bem escurecido também podem ser usados, apesar de não serem considerados totalmente seguros por especialistas. Também não é recomendado olhar o eclipse com óculos de sol. Se binóculos, lunetas e telescópios forem utilizados, eles devem estar equipados com filtros solares adequados. Caso contrário, as células dos olhos podem sofrer danos irreversíveis, podendo causar a cegueira. Isso acontece em função das contínuas ondas eletromagnéticas irradiadas pelo Sol.