terça-feira, 5 de maio de 2009

A origem e a história da Família CARVALHO


Carvalho (apelido).

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

O sobrenome Carvalho é frequente em Portugal, onde há várias famílias, não necessariamente relacionadas, com esse apelido/sobrenome.

A mais ilustre Família portuguesa com este sobrenome e varonia talvez seja a do Marquês de Pombal, ainda que não tenha, porventura, a chefia da antiga Família Carvalho portuguesa.

Outra corrente diz que se trata de um Sobrenome de origem portuguesa, classificado como um toponímico, o qual é de origem geográfica. Existem registros deste sobrenome em Portugaldesde o século XII. Em antigos registros consta como Carvalio.

A família Carvalho tem solar no antigo Morgado de Carvalho, em terra de Coimbra fundado por D. Bartolomeu Domingues, Concelho de Penacova, nas famosas serras do Carvalho, pai de D. Soeiro Gomes de Carvalho. O primeiro Carvalho que se destacou deve ter sido uma pessoa que residia próximo a um carvalho que deveria servir de referencia na região ou pelos atributos da planta em comparação ao indivíduo.

Aqueles do século XIV, membros da honorável casa dos CARVALHO, viveram no tempo em que uma das maiores façanhas das armas da história de Portugal teve lugar, a saber, a batalha de Aljubarrota, travada em 14 de agosto de 1385, próxima da assim denominada cidade, localizada no centro de Portugal.

O rei castelhano, Juan I, reclamava a coroa de Portugal. A grande maioria dos portugueses, incluindo muitos dos patrióticos membros da família Carvalho, não estavam dispostos a aceitar um rei castelhano, razão pela qual escolheram como seu líder a João de Aviz, que se iriam juntar à luta que estava para vir por Nuno Alvares Pereira, o "Condestável".

Juan I invadiu Portugal confiante no valor de seu exército, que contava com vinte e dois mil cavaleiros e soldados, e esperava o apoio de nobres portugueses que o tinham como legítimo herdeiro. Ao contrário, João, que tinha sido proclamado rei de Portugal há apenas quatro meses atrás, estava apto para reunir tão somente uns meros sete mil homens.

Não obstante, a prestígio do Chefe Pereira, ganho através de suas vitórias em incursões do ano precedente, inspirou entre a milícia de seus comandados e soldados, os quais podem ter incluído heróicos membros da família CARVALHO, a garantia da necessidade de uma condição de vitória. Uma vez que a direção dos castelhanos tornou-se clara, Pereira propôs um plano que acarretaria no bloqueio das linhas inimigas em avanço e, então, procederia a ofensiva, tendo manejado seus inimigos em terrenos que anularia a vantagem numérica dos invasores.

A despeito da desconfiança de alguns comandantes portugueses em adotar uma estratégia agressiva contra um oponente numericamente superior, o ritmo dos acontecimentos tiveram poucas alternativas para escolha de ações e os ainda indecisos foram forçados a seguir o audacioso desígnio do Condestável, que saiu de Abrantes com o exército levantado e seguiu para Comar. Os portugueses procederam para prevenir o avanço dos castelhanos em Lisboa e Pereira colocou suas forças numa colina defensiva ao norte e a oito quilômetros ao sul de Leiria. Alí, com encostas ásperas para ambos os lados, a posição defensiva tinha a vantagem da inclinação sobre o campo do atacante.

Os cavaleiros castelhanos, acreditando em sua própria superioridade e ignorantes do terreno, resolveram atacar. O triunfo português em Aljubarrota, uma fonte de honra para todos, incluindo os atuais portadores do nome de família CARVALHO, não só preservou sua independência nacional, mas também marcou a supremacia política das classes burguesas de Portugal, que tinham preparado e feito a revolução de 1383 e escolhera a João de Aviz como rei, demonstrando a vantagem da infantaria, organizadas de maneira democrática, que lentamente iam anulando o valor da cavalaria medieval.

O sobrenome CARVALHO, pertencente a uma antiga família portuguesa, é classificado como sendo de origem habitacional. Este termo se refere aos sobrenomes dos quais a origem se encontra no lugar de residência do portador original. Nomes habitacionais nos dizem de onde foi saído o progenitor da família, seja uma cidade, vila ou um lugar identificado por uma característica topográfica. No que diz respeito ao sobrenome CARVALHO, este é derivado do lugar de nome Carvalho, vila do distrito de Coimbra, aos pés da Serra de Carvalho.

Este sobrenome indica assim que o portador original era natural desta região onde se encontrava árvores de carvalho em abundância. O sobrenome CARVALHO se tornou muito popular, espalhando-se por toda a Península Ibérica. Na Espanha é encontrado na forma de Carvallo. Uma das mais antigas referências a este nome ou a uma variante é o registro de Pelagius Carvalis, que aparece como um dos assinantes de um documento relativo ao convento de monjas de Larvao, em 1131. Pesquisas continuam, e este nome pode ter sido documentado muito antes da data mencionada acima.

Portadores notáveis do sobrenome CARVALHO foram, entre outros: Alvaro de Carvalho, capitão português e governador da prade de Mazagão, que em 1552 a defendeu do ataque de um forte exército mouro; Amador Leal Carvalho, poeta português, citado em 1640; Delfim Carlos de Carvalho, Barão de Passagem, vice-almirante brasileiro, nascido em 1825; e Francisco Gomes de Carvalho, músico brasileiro nascido em 1847.

As armas descritas abaixo foram concedidas à família CARVALHO pelas autoridades apropriadas.

Uma das figuras muito admiradas e reverenciadas pelos portugueses, sem dúvida incluindo passados e atuais membros da ilustre família CARVALHO, é a Santa Elizabeth de Portugal (1271-1336), também conhecida como "A Pacificadora" e "A Rainha Santa". Filha de Pedro III de Aragão, ela foi chamada por sua tia, Santa Elizabeth da Hungria e foi casada com o rei Dinis de Portugal em 1282, um evento conhecido por alguns dos membros da família CARVALHO.

Elizabeth venceu a corrupção e prazeres da corte real, devotando sua riqueza e energia para atividades caritativas. Quando seu filho Afonso empreendeu uma rebelião contra seu pai, Elizabeth bravamente interpôs-se entre os exércitos oponentes efetuando a contento uma reconciliação. Verdadeira para com seu cognome "A Pacificadora", Elizabeth morreu em meio à rota para um campo de batalha, onde esperava conseguir a paz entre seu filho, o rei Afonso IV, e o rei castelhano Alfonso XI. De fato, os portadores do sobrenome CARVALHO podem gloriar-se na rica e colorida história de sua terra, Portugal.

BRASÃO DE ARMAS
De azul, com uma estrela de ouro de oito raios, encerrada numa caderna de crescentes de prata.

Tradução: Azul denota Fidelidade e Verdade. Ouro indica Nobreza e Generosidade. Prata simboliza Pureza.
TIMBRE: Um cisne de prata, membrado e armado de ouro, com a estrela do escudo no peito.
ORIGEM: Portugal

Fonte: The Historical Research Center

Compilado e editado por Marcelo Carvalho.


17 comentários:

poliana-santos1979 disse...

Fico grata por saber mais sobre minha família e conhecer seu lindo brasão. A próposito alguém pode ajudar-me a prosseguir com minha pesquisa genealógica???

Cesar Carvalho (Kzar) disse...

Poliana, obrigado por acessar o blog e deixar seu comentário... Como vc não deixou seu e-mail, não deu para responder pessoalmente. Para prosseguir com sua pesquisa genealógica, cadastre-se no site www.myheritage.com e monte lá sua árvore genealógica. O site se encarrega de descobrir seus parentes existentes em outras árvores e comunica isso a vc. Minha árvore tb está lá...quem sabe não somos primos?
Abraços...

Nanda asalove disse...

Nossa fiquei mais do que feliz ao ler sobre a historia da minha familia. Quero lhe agradecer Cesar Carvalho por ter criado este blog da familia Carvalho, assim todos que tem curiosidade em saber mais sobre o nome Carvalho aqui tiraram suas duvidas e curiosidades.
Meu nome é Amanda Arantes da Costa Carvalho, moro em Lorena e sou descendente de portugueses.
Valeu!!
Se vc tiver orkut me adiciona la
nandah_prestes@yahoo.com.br
Abraços e mais uma vez Parabens!!

CB PM ARMANDO disse...

QUERO FAZER APENAS UMA CORREÇÃO; A RAINHA SANTA ERA IZABEL E NÃO ELIZABETHE COMO DESCRITO NO TESTO. ARMANDO ALVARO DAVI DE CARVALHO MIRANDIBA PE

Cesar Carvalho (Kzar) disse...

Prezado Armando, agradeço seu comentário e colaboração. Mas devo dizer que os nomes Isabel e Elizabeth têm o mesmo significado. Confira no site http://www.namenerds.com/uucn/international/Elizabeth.html

Abraços.

marcelo disse...

nossa muito obrigado cesar de coração fiquei muito grato em saber mais sobre minha familia moro nmo rio de janeiro meu pai veio p brasil qd pequeno nos juntos hj descobrimos mais sobre nossas origens abraço marcelo ferreira carvalho

Poliana disse...

Olá! Obrigada pelas respostas via e-mail. Parabenizo-o pelo blog. Gostaria de3 saber desta vez se a família Carvalho tem origem judaica? Obrigada.

Cesar Carvalho (Kzar) disse...

Poliana, pesquisei na internet e encontrei isso:
A relação do sobrenome CARVALHO com os Judeus (Por Paulo Oliveira - Yahoo Perguntas)
Na época da Inquisição, os judeus ibéricos (oriundos da Espanha e Portugal) eram alvos de perseguição.

Além disso, eles fora obrigados a abandonarem o Judaísmo e se converterem ao Cristianismo, sendo então chamados de "marranos". Muitos acabaram abandonando seus nomes e sobrenomes judaicos e adotando sobrenomes ibéricos, a fim de se camuflarem e evitarem perseguições ou por imposição. Com isso, surgiram judeus de sobrenome Carvalho, Nunes, Dias etc.

Posteriormente, muitos desses judeus convertidos migraram para a Holanda, New Amsterdã (atual New York), Inglaterra e para o Nordeste do Brasil, locais onde os tribunais da Inquisição não tinham grande força. Como exemplo, cito o fotógrafo judeu Salomon Nunes Carvalho, filho de judeus portugueses que emigraram para os E.U.A.

Todavia, portar um desses sobrenomes não significa que você seja descendente de judeus, pis como já dito, ele adotaram sobrenomes já existentes. Caso você queira saber se o seu sobrenome Carvalho é de origem judaica ou não, apenas um estudo genealógico ou teste de DNA poderão confirmar.

Outra maneira é observar se em sua família são mantidas tradições que lembram os ritos judaicos, pois aqui no Brasil muitas dessas famílias continuavam exercendo o credo judaico às ocultas, uma vez que regularmente eram feitas visitas de oficiais da Inquisição. Caso alguém fosse visto praticando ritos judaicos, certamente seria condenado.

Anônimo disse...

procuro possiveis famliares e seu blog pode me ajudar, obrigado
Aristeo Esmério De Carvalho
aristeocarvalho@hotmail.com

Anônimo disse...

procuro possiveis famliares e seu blog pode me ajudar, obrigado
Aristeo Esmério De Carvalho
aristeocarvalho@hotmail.com

Anônimo disse...

Tenho muita curiosidade em saber mais sobre a família Carvalho. Em busca por maiores informações encontrei seu blog, Cesar, o que me deixou esperançosa em descobrir mais sobre a minha árvore genealógica. Um grande abraço.
Maria das Graças Carvalho Souza
mgraca59@hotmail.com
Familia Carvalho
Lapão Bahia.

dnaiela carvalho disse...

neste site http://www.sfreinobreza.com/FAMILIA%20CARVALHO.htm

achei muito pouco sobre nossa familia e gostaria de saber mais deixo meu email para que possa me ajudar em minha pesquisa. florslis@hotmail.com

Matheus disse...

Meu nome é Matheus F. Carvalho e estou muito feliz por vc, César Carvalho, ter feito essa matéria sobre nossa Família. Tenho muito orgulho de ser integrante dessa Ilustre e Refinada Família Portuguesa. Na casa de meus avós Paternos á o Brasão-Bandeira (Um Brasão em forma de Bandeira) pregado na parede da sala. Por muitos anos não soube o que isso significava, mas a exatamente 2 anos minha Avó Rita, que tem como sobrenome Carvalho, me contou que nossa Família era uma família Portuguesa importantíssima no séculos XI, XII, XIII, XIV e XV, vindo a ser parte da nobreza de Portugal. Um forte abraço a vc meu parente, César Carvalho. meu e-mail é matheuscarvalho-UZL@hotmail.com

agnes carvalho disse...

muito obrigado este post foi de grande valia.
tenho 16 anos e sou descendente de judeus que adotaram o sobrenome carvalho
eles chegam ao Brasil já convertidos ao cristianismo.
hoje em dia busco aprender sobre meu povo e seguir acultura judaica

Anônimo disse...

Ola o seu site é muito bom gostei muito tô precisando de ajuda descobrir q sou adotiva e tô procurando saber mais sobre a minha família q é a carvalho.vou pesquisa mais pra ver se acho o nome do meu pai ou da minha mãe

Juan Pablo Carvalho disse...

ola sou carvalho do uruguai mio pai é uruguai e mio abo tambein mio bis abo é brasil e mi tatara abo é brasil que origem so eu me puo decir brigado

Carla RM Proeve disse...

PROCURA FAMÍLIA DA MINHA GENI CARVALHO FILHA DE ARGEMIRO DE CARVALHO E AMBROSINA DE CARVALHO NO ESTADO DE MINAS GERAIS/ BELO HORIZONTE / ARMOREIS MEU CONTATO 21 96861-6859 CARLLYNHAA@HOTMAIL.COM.BR